12 cidades pra você conhecer no Estado do Rio de Janeiro

A Cidade Maravilhosa sem dúvidas é o maior atrativo do Rio de Janeiro, mas o Estado possui lugares incríveis – ao todo são 92 municípios – cheios de histórias, mas muitas vezes esquecidos ou desconhecidos pelos próprios cariocas e fluminenses.
Por isso, junto com a TIM, a gente dá dicas de lugares que valem a pena conhecer no Estado, seja na Região Serrana, Região dos Lagos, Costa Verde ou no Vale do Café!

Na Região Serrana…

1- Petrópolis

Conhecida como Cidade Imperial, é a cidade mais populosa da Região Serrana e já foi considerada a cidade mais segura do Estado e a sexta mais segura do Brasil.
O clima ameno, as construções históricas e a vegetação abundante são grandes atrativos turísticos.
Fundada por iniciativa de Dom Pedro II, foi a a rota preferida do Imperador para seus momentos de lazer e repouso. Daí vem o nome “Cidade de Pedro”.

Não deixe de conhecer:
Catedral de São Pedro – Lá estão sepultados o Dom Pedro II e sua esposa Dona Teresa, além da Princesa Isabel e Conde D’eu.
Palácio de Cristal – Encomendado pelo Conde d’Eu, a intenção do Conde foi presentear a Princesa Isabel, a fim de poder cultivar suas hortaliças.
Com estrutura metálica francesa e paredes de vidro, o Palácio é sem dúvidas um ótimo local para fotos. Não deixe de visitá-lo!
Museu Imperial – Antigo Palácio de Verão de Dom Pedro II, o belo prédio neoclássico é cercado por belos jardins, com várias espécies de arvores e flores vindas de todas as partes do mundo.
No acervo, peças ligadas à Monarquia Brasileira, como mobiliários, documentos, obras de arte e objetos pessoais da família imperial. Um passei delicioso e inesquecível.

2- Teresópolis

Cidade mais alta do estado, é consequentemente uma das mais frias também.
Por seu clima ameno, foi escolhida como sede de treinos da CBF, sendo o local de concentração da Seleção Brasileira de Futebol, situada na Granja Comary.
Voltada principalmente para o turismo e produção agrícola, possui comércio diversificado e setor hoteleiro muito desenvolvido.
Além de abrigar uma das maiores feiras de artesanato a céu aberto do Brasil, a Feirinha de Teresópolis ou como é carinhosamente chamada a Feirinha do Alto, que contém diversos produtos da moda feminina, infantil, móveis, uniformes, potes, bijouterias e muito mais.

Não deixe de conhecer:
Parque Nacional da Serra dos Orgãos – um dos melhores locais do país para a prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada, rapel e outros; além de ter fantásticas cachoeiras.
O Parque tem a maior rede de trilhas do Brasil.
São mais de 200 quilômetros de trilhas em todos os níveis de dificuldade: desde a trilha suspensa, acessível até a cadeirantes, até a pesada Travessia Petrópolis-Teresópolis, com 30 Km de subidas e descidas pela parte alta das montanhas.
Mirante do Soberbo – Local de parada obrigatória para contemplação da natureza, o Mirante do Soberbo, na entrada de Teresópolis tem uma vista maravilhosa do Dedo de Deus e em dias de céu claro pode-se ver a cidade do Rio de Janeiro e baia de Guanabara. O melhor? é uma atração gratuita!
Feirinha de Teresópolis (Feirarte) – Um clássico, a “Feirinha do Alto” como é conhecida, é ponto de encontro de turistas que adoram ir às compras entre as dezenas de barracas de vesturário, acessórios e produtos artesanais.

3- Nova Friburgo

Nova Friburgo possui a maior rede hoteleira do interior do estado do Rio de Janeiro.
É considerada a “Capital nacional da lingerie”, pois abriga fábricas dos mais variados portes.
As peças podem ser encontradas em diversas lojas e shoppings espalhados pela cidade.

Não deixe de conhecer:
Lumiar e São Pedro da Serra – As duas vilas, distritos de Friburgo se completam, oferecendo ao visitante inúmeras opções de lazer.
De paisagem natural impressionante, com ambiente florestal intocado, são dotadas de inúmeras belezas, como as corredeiras do Rio Macaé, o Encontro dos Rios, a Pedra Riscada e extensas regiões de Mata Atlântica preservada.
Piscinas naturais, mais de 30 trilhas para serem percorridas de jipe, moto, bicicleta ou a pé, oferecendo ao visitante esportes de canoagem, mountain bike, trekking e escalada.
Pico da Caledônia – A estrada é linda, muito íngreme mas possui alguns trechos que estão deteriorados e não permite carro comum passar, apenas 4×4.
Se for acampar, leve bastante agasalho e de preferencia uma barraca para se proteger do frio, pois é proibido acender fogueira.
Praça do Suspiro – Ponto de partida para o teleférico da cidade, é um ótimo local para conversar e fazer compras de produto fabricados na cidade.
Ponte da Saudade – Ótimo local para realizar comprinhas de moda íntima. Lá você irá encontrar várias lojas de revendedores da região e com grande variedade.

Na Região dos Lagos…

4- Cabo Frio

Cidade com maior economia da Região dos Lagos, se consolidou como um influente polo turístico.
Um dos destinos mais procurados por turistas, principalmente Mineiros, é famosa por suas praias cristalina e suas dunas de areia branca em cenários de tirar o fôlego.

Não deixe de conhecer:
Parque das Dunas – área de preservação ambiental, possui um cenário paradisíaco com grandes dunas de areia branca e fina.
Praia das Conchas – É repleta de conchas de todos os tamanhos e formatos.
Com águas calmas e praticamente sem ondas, é excelente para crianças.

5- Armação dos Búzios

A vila de pescadores que encantou a diva Brigitte Bardot na década de 60 se transformou em um sofisticado balneário, repleto de atrações o ano inteiro.

Não deixe de conhecer:
Rua das Pedras – Passeio agradável e divertido tanto de dia quanto a noite, na famosa rua há várias opções de restaurantes e lojas, desde grifes à estabelecimentos mais populares.
Orla Bardot – Lugar perfeito para um caminhada logo pela manhã e no final da tarde, além da bela paisagem com vários barquinhos, é possível admirar também as estátuas de Brigitte Bardot, Juscelino Kubitschek e dos Três Pescadores.
Praias – São tantas praias lindas que fica difícil indicar apenas uma. As minhas preferidas são Tartaruga, Ferradurinha e Geribá.

6- Arraial do Cabo

Além de reunir algumas das mais belas características do litoral brasileiro, como dunas de areia branca, vegetação de restinga, lagoas e praias de mar cristalino, os costões de Arraial do Cabo funcionam como mirantes para apreciar belas paisagens.

Não deixe de conhecer:
Igreja Nossa Senhora dos Remédios – Erguida em 1503, é uma das primeiras edificações do Brasil, localizada na Praia dos Anjos.
Mergulhos – Um dos points preferidos de mergulhadores do mundo inteiro, a rica vida marinha, águas cristalinas e uma infinidade de “pontos” para a atividade como naufrágios, grutas, lajes e fendas fazem de Arraial um lugar mais que especial.
Passeios de barco – Há vários roteiros com passeios inesquecíveis pelas belas paisagens da região.

Na Costa Verde…

7- Paraty

Perfeita combinação entre o azul marítimo e o verde da Mata Atlântica, Paraty é uma das cidades mais lindas do estado.
Declarada Patrimônio Histórico Nacional pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), devido à sua importância no ciclo do ouro, chegou a ser uma das cidades mais prósperas da Colônia e do início do Império.

Não deixe de conhecer:
Centro Histórico – As ruas protegidas por correntes, impedem a passagem dos carros, preservando ainda o encanto colonial.
Seus casarões coloniais hoje abrigam muitas lojas, ateliers, pousadas e restaurantes.
A noite no Centro é onde os turistas e locais se encontram para passear, curtir, comer e comprar.
Casa da Cultura – Centro Cultural que oferece uma ampla programação sobre a cultura paratiense com exposições temporárias, shows e atividades infantis.
Em seu auditório sempre há programações variadas de teatro, cinema e eventos diversos.
FLIP – Festa Literária de Paraty – Desde 2003, a Flip oferece todos os anos em Paraty uma experiência única, permeada pela literatura.
Sempre em conexão com a cidade que a recebe, a festa é mais do que um evento, é uma manifestação cultural.

8- Angra dos Reis

Paraíso com cerca de 365 ilhas, é destino obrigatório para os amantes de belezas naturais.
Embora mais lembrada por suas ilhas e pela beleza natural, Angra possui também um rico acervo patrimonial, com inúmeros prédios tombados pelo IPHAN.

Não deixe de conhecer:
Cais Turístico de Santa Luzia – Fica no centro de Angra e é de onde saem os barcos para os passeios nas ilhas.
Vila Histórica de Mambucaba – A vilazinha pequenina é linda e tranquila, com casario imperial e praia de aguas claras.
Ilhas – É uma ilha mais maravilinda que a outra e sim, visite quantas puder! Destaque para a Ilha da Piedade, Botinas, Cataguás e Gipóia.

9- Ilha Grande

Distrito de Angra dos Reis, a Ilha Grande apresenta uma das mais belas regiões costeiras, um verdadeiro santuário ecológico.

Não deixe de conhecer:
Gruta do Acaiá – A 8 metros abaixo do nível do mar, uma fenda na pedra da costeira por onde água do mar tem acesso a um salão subterrâneo, há uma praia de pedra subterrânea.
Cachoeira da Feiticeira – De beleza espetacular, exalta a admiração de quem a visita e certamente é uma das melhores caminhadas em toda a Ilha Grande, um roteiro certo de quem quer aproveitar ao máximo tudo o que a ilha tem para oferecer.
Lagoa Azul- Uma piscina natural com fundo arenoso, algumas rochas e água predominantemente azul, localizada entre duas ilhotas na importante região histórica de Freguesia de Santana.

No Vale do Café…

10- Conservatória

Distrito de Valença, Conservatória é famosa por suas serenatas, chamada de Capital das Serestas.
Mantem suas características bucólicas de arraial, pacata e tranquila, onde moradores de fala branda, afáveis e educados preservam seus costumes.

Não deixe de conhecer:
Tradicional Serenata pelas ruas – Realizada toda sexta-feira e sábado, parte às 23h do Museu do Seresteiro e segue noite adentro.
Túnel Que Chora – Construido no século XIX, é um túnel de pedra, rústico e simples, mas cheio de história.
Locomotiva – No tempo do ciclo do café, a ferrovia escoava produções para a exportação. A locomotiva está em exposição para tirar fotos trazendo de volta a ideia de tempos antigos.

11- Paty do Alferes

Paty do Alferes, um dos berços da ocupação do interior do Estado, é citada em antigos e importantes relatos dos grandes estudiosos de história do Brasil, demostrando a relevância da história do município na colonização da Região do Vale do Ciclo do Café.

Não deixe de conhecer:
Museu da Cachaça – A história dessa tradicional bebida brasileira é contada através da iniciativa de Iris e Yale Renan.
No local ainda é possível conhecer o processo de fabricação, degustar e adquirir o produto da região.
Festa do Tomate – A consagração da produção agrícola local ocorre anualmente na semana do feriado de Corpus Christi.
Além de shows de artistas famosos, a programação inclui atividades da área agrícola como o Concurso Leiteiro e de Qualidade do Tomate, eventos esportivos tais como os Torneios de Vôlei e de Corrida Rústica, concursos de culinária do tomate e eleição da Rainha da Festa.

12- Rio das Flores

Pacata cidadezinha, Rio das Flores possui uma infinidade de atrativos naturais e culturais.

Não deixe de conhecer:
Fazenda do Paraízo – Considerada a “Jóia do Vale”, a propriedade possui 58 cômodos, preservando ainda o mobiliário francês e brasileiro, além dos papéis de parede originais.
Mirante da Boa Vista – Concorrido por causa da bela vista para apreciar o pôr do sol.
Festival do Vale do Café – Com intensa programação musical, o evento apresenta ritmos que vão do clássico ao samba, passando pelo chorinho e bossa-nova.

Quer uma ótima notícia?


A cidade de Rio das Flores, foi a última a receber a rede 4G da TIM e é considerada o marco da cobertura total da operadora no Estado com a tecnologia LTE.
A TIM é a primeira operadora a cobrir 100% do estado do Rio de Janeiro com a rede 4G e um dos setores mais beneficiados com essa novidade é o turismo.
Agora turistas e moradores do estado poderão apreciar com mais tranquilidade os atrativos fluminenses sem se preocupar com falta de sinal ou ficar sem conexão móvel durante um passeio.

E aí, vamos desbravar nosso amado Rio de Janeiro?
Quem vem com a gente?

 

* Esse é um publieditorial.

Deixe seu comentário

Flu Ferreira320 Posts

Carioca de Alma! Aquarilouca pela vida!
Head Creative responsável pela editoria de carioquices e life style do Diário do Rio.
Editora do IG do site, adora coxinha, é fã de star wars e aos 37 resolveu colorir os cabelos de rosa, no melhor estilo “a diferentona” que você respeita!

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password