As novas gírias do Rio de Janeiro

As novas gírias do Rio de Janeiro

3

Rio de Janeiro por Bruno NunesO jornal O Globo publicou no dia 1¬ļ algumas das novas g√≠rias cariocas, assumo que a maioria delas nunca ouvi. Mas tenho uma desculpa, passei dos 30, ent√£o j√° n√£o estou no p√ļblico que usa g√≠rias novas.

Mas é claro que a maioria conheço, é que como bem ressaltou o artigo no YouPix muitas das gírias nasceu na Internet, como Trolar, Só que sim/Só que não, Xatiado e outras.

E você, já as conhecia?

Como falar carioquês:

Original em O Globo

Abra√ßa√ßo. Inventado por Caetano Veloso, o termo batiza seu novo disco. Significa ‚Äúum abra√ßo espalhado, m√ļltiplo‚ÄĚ.

Deu ruim. Deu errado, n√£o funcionou.

Baralhão. Situação em que tudo é possível, um grande baralho.

Divar. Fazer a diva.

Sensualizar. Fazer a sensual.

Sem filtro. Uma alus√£o ao uso recorrente dos filtros do aplicativo Instagram.

S√≥ que n√£o/s√≥ que sim. Oriundas das redes sociais, as express√Ķes n√£o significam nada, mas refor√ßam a ironia das conversas.

N√£o tenho roupa. G√≠ria gay que significa ‚Äún√£o estou preparado para tal situa√ß√£o‚ÄĚ.

Trolar. Sacanear, zombar. Do inglês to troll, muito usada para falar de memes da internet.

T√° pago. Est√° resolvido.

Se p√°. Talvez.

Sarna. G√≠ria muito usada nas comunidades da Zona Sul: se o moleque est√° produzido, montado, com acess√≥rios e cabelo em dia, est√° ‚Äúsarna‚ÄĚ.

Lelesque. Uma varia√ß√£o de ‚Äúmoleque‚ÄĚ, ‚Äúleque‚ÄĚ e ‚Äúlesque‚ÄĚ, o ‚Äúlelesque‚ÄĚ √© aquele surfista ou skatista que vive na praia, toma a√ßa√≠ e s√≥ fala g√≠rias. O garoto carioca cl√°ssico.

Milgrau. T√° calor demais? T√° ‚Äúmilgrau‚ÄĚ.

Rabiscar. Dan√ßar bem, no dialeto do passinho. Fulano t√° ‚Äúrabiscando‚ÄĚ…

Xatiado. Do ‚Äúmigux√™s‚ÄĚ, dialeto praticado pelos jovens na internet. Significa, simplesmente, chateado.

Embrasar. Dançar.

Carro. Skate.

Novinha. Menina, gatinha. Não é obrigatório ser jovem.

Amo, brasil e sua linda/seu lindo. Podem ser usados como vírgula ou ponto final, em qualquer frase.

Quintino Gomes Freire
Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente