Bailinho da Crespinhos leva funk e hip-hop para os pequenos na Lapa e de graça - Diário do Rio de Janeiro

Bailinho da Crespinhos leva funk e hip-hop para os pequenos na Lapa e de graça

0

 Bailinho da Crespinhos

Seu pequeno não pode ouvir uma música que já começa a dançar? Então, o lugar dele é no Bailinho da Crespinhos, que acontece no domingo, dia 7 de maio, a partir das 16h no Instituto Black Bom, na Lapa, com entrada gratuita. No som, as batidas do funk e do hip hop. E, na pista, as crianças do coletivo Crespinhos S.A. quebram tudo e prometem não deixar nem os mais tímidos parados.

Além da apresentação dos estilosos Crespinhos, a programação conta ainda com Oficina de Passinho – para quem quiser dançar tão bem quanto eles – uma contação de histórias sobre valorização da cultura negra e, encerrando a festa, um desfile infantil.

Pao-do-OuvidorO Shopping Paço do Ouvidor já é uma referência no Centro do Rio de Janeiro. Quer conferir? Passa no Paço!

 – O Bailinho pensa o Funk como um movimento de periferia fundamental para cultura carioca. O objetivo é promover um espaço em que as crianças possam desenvolver sua autonomia e sintam-se livres para explorar a movimentação de seus corpos – explica Juliana Rodrigues, diretora da Imagem Cultural, que promove o evento em parceria com o coletivo Crespinhos S.A.

 Coletivo deve lançar livro sobre infância negra

 Bailinho da Crespinhos

E para aqueles que têm um crespinho em casa a programação pode começar ainda mais cedo. É que das 10h às 15h, quatro fotógrafos voluntários vão fazer books digitais de crianças negras lá mesmo no Instituto Black Bom. Cada book inclui 15 fotos digitais tratadas e custa R$ 150. Mas, para garantir o seu, é preciso fazer uma pré-inscrição pelo e-mail crespinhosolivro@gmail.com. O dinheiro arrecadado com os books será usado na produção de um livro com fotos e histórias – escritas por crianças e suas mães – sobre a infância negra no Brasil.

A gente tem o objetivo de enegrecer. Enegrecer as ideias, a visão das crianças. Mostrar que a estética delas natural é muito bonita, é importante e que eles precisam resistir, ser fortes e continuar defendendo essa ideia – diz Renata, a criadora do coletivo Crespinhos S.A. que reúne mães e crianças pretas atuando diretamente na valorização da beleza da criança negra.

Para que o livro se torne realidade, além da venda dos books digitais por preços bem abaixo do mercado, a Crespinhos S.A está fazendo também uma campanha de crowdfunding no site Benfeitoria até o dia 9 de maio. O objetivo é arrecadar R$ 35 mil que serão usados em todas as etapas de produção do livro. Para contribuir, basta escolher valores a partir de R$ 10 no link www.benfeitoria.com/crespinhossa.

Serviço

Bailinho da Crespinhos
Instituto Black Bom
Rua do Senado, 338. Centro
Domingo, 7 de maio, às 16h.
Grátis

Quintino Gomes Freire
Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.
Quintino Gomes Freire

Latest posts by Quintino Gomes Freire (see all)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente