Breve História do bairro do Grajaú que já cresceu projetado

Zeppelin sobre o Grajaú

No mês de agosto, o Grajaú comemorou 103 anos. Esse centenário bairro guarda muitas memórias. O Diário do Rio vai contar algumas delas.

No século XVI, a região onde hoje fica o bairro do Grajaú era chamada de Andaraí Grande. O território pertencia a padres jesuítas. A principal atividade era o plantio de cana-de-açúcar, com mão de obra escrava.

antiga praça do bairro

Ao fim do século XIX, os nomes daquela região foram mudando. o ‘Andaraí Velho’ foi dando origem a Vila Isabel, Aldeia Campista e Grajaú”, frisa o historiador Maurício Santos.


Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário da Cidade do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Imóveis exalta locais que visam a valorização da cultura e história da Cidade Maravilhosa.

O que muita gente não sabe é que o bairro do Grajaú cresceu projetado. Ele foi erguido, seguindo planejamentos, sobre um vale conhecido como Vale dos Elefantes, ao sopé do Maciço da Tijuca, próximo ao Pico do Papagaio.

bairro é cercado de morros e montanhas

Após um lento desenvolvimento, que mesclava o rural e o urbano, nos anos 1920, enfim, o Grajaú ganhou forma mais completa. O nome Grajaú é uma homenagem à cidade maranhense de Grajaú, terra natal do engenheiro Richard, que comprou as terras, projetou, construiu e urbanizou o bairro. Tudo através de sua empresa, a Companhia Brazileira de Immoveis e Construções.

Por conta desse trabalho de Richard, muitos logradouros do bairro têm nome de cidades e rios maranhenses – Gurupi, Mearim e Itabaiana. Além disso, muitos mineiros trabalharam nas obras no Grajaú, então, ruas como Uberaba, Araxá e Juiz de Fora seguem o mesmo motivo para o batismo”, pontua Maurício.

Grajaú é um bairro arborizado

Antônio Eugênio Richard Júnior – o engenheiro Richard – é avô materno de Sérgio Castro, fundador da Sérgio Castro Imóveis, conhecida empresa do ramo imobiliário.

o engenheiro Richard

Em 1925 foi criada a primeira sede do Grajaú Tênis Clube. Como o espaço ficou famoso, o bairro passou a ser conhecido em toda a cidade do Rio de Janeiro.

O bairro, que nasceu planejado, sofreu, nos anos 1960, com o crescimento desordenado da cidade, que culminou no surgimento de morros e favelas. Além de também de ter sido prejudicado pela especulação imobiliária.

Hoje em dia, o Grajaú é uma área residencial, com comércio local e atrativos para moradores e visitantes. Mais um feliz aniversário para o Grajaú.

Comente

Felipe Lucena479 Posts

Felipe Lucena é jornalista, roteirista e escritor. Filho de nordestinos, nasceu e foi criado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apesar da distância, sempre foi (e pretende continuar sendo) um assíduo frequentador das mais diversas regiões da Cidade Maravilhosa.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password