Eduardo Paes e Pedro Paulo estão inelegíveis

 

Pelo jeito o PMDB vai ter como candidato no Rio a moça do cafezinho e olhe lá. Seus maiores líderes estão presos (Eduardo Cunha, Sergio Cabral, Jorge Picciani e Paulo Melo), alguns outros deputados presos e agora o TRE-RJ decidiu por UNANIMIDADE pela inelegibilidade por outro de Eduardo Paes e Pedro Paulo.

Ainda cabe recurso e sabe como é o TSE, tudo é possível, mas não podem entrar com uma medida cautelar para obter a suspensão da decisão. Ou seja, a pré-campanha de ambos fica bastante prejudicada, a não ser que consigam acelerar a decisão dos ministros do Tribunal, e conseguir que ela seja favorável,

O motivo da inelegibilidade é uma ação de Marcelo Freixo (PSol) nas últimas eleições municipais, ele era adversário de Pedro Paulo. Na ação, Freixo acusa a gestão de Paes de usar a prefeitura para contratar, por R$ 7 milhões, a consultoria McKinsey & Company para elaborar o plano de governo de Pedro Paulo. Na verdade o plano era quase uma cópia do Plano Estratégico da Prefeitura do Rio 2017-2020.

Quem se beneficia em 2018?

O PMDB do Rio não tem plano B para as eleições 2018, especialmente depois que os Picciani tem dois membros na prisão. Podem continuar poderosos na ALERJ, na Câmara e no subsolo da política, mas nenhum nome possível de ser lançado. Se confirmada a inelegibilidade da dupla, vão ter de correr e apoiar outros partidos.

Um dos nomes que circula é apoiar Cesar Maia (DEM), o atual vereador e prefeito por 3 mandatos tem sido sondado para ser candidato em uma grande coligação. Seu filho, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), inclusive é um dos principais incentivadores, o problema é que o ex-prefeito não tem mostrado muita vontade em se candidatar, especialmente devido a idade, ele já tem 72 anos.

Outro que pode se beneficiar é Indio da Costa (PSD), ele tem o mesmo histórico político de Eduardo Paes, ambos surgiram na Juventude Cesar Maia no primeiro mandato deste. Também é visto como gestor, moderno e pode se aproveitar do apoio que Paes teria em uma candidatura para governador. E diferente de Cesar Maia, Indio tem mostrado que quer, e muito, ser candidato a governador.

Em comum entre Indio e Cesar Maia, está o fato de ambos terem sido forte críticos de Eduardo Paes. O primeiro bateu muito forte no então prefeito durante sua campanha para a Prefeitura em 2016. Já Maia não perde uma chance de alfinetar seu antigo afilhado político.

Deixe seu comentário

Quintino Gomes Freire8915 Posts

Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.

19 Comentários

Deixar um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password