Exposição Brasil Brasileiro no Rio – Centro Cultural Banco do Brasil | Diário do Rio

Exposição Brasil Brasileiro no Rio – Centro Cultural Banco do Brasil

3

Por André Delacerda

Exposicao1 No calor deste verão e em clima de carnaval, O Diário do Rio raz a noticia de mais uma bela exposição que está aberta ao público desde o dia 20 de janeiro, em terras carioacs. E nada melhor do que refrescar a mente com muita cultura, neste verão de 40º carioca.

 

O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro apresenta a exposição “Brasil Brasileiro”, que reúne 180 pinturas, de 70 artistas, oriundas de mais de 50 coleções públicas e privadas.

 

A mostra  abarca dois séculos de pintura brasileira, abrangendo os períodos acadêmico, moderno e contemporâneo, e ocupará todas as salas expositivas do primeiro andar e a rotunda, no térreo. 

O curador Fabio Magalhães observa que:

“as obras foram agrupadas sem levar em conta critérios cronológicos nem as diferentes tendências artísticas.  É uma mostra elaborada sem pretensões, simples como uma tarde de sol num domingo à beira-mar. Prazerosa”. 

0195.tif “Brasil Brasileiro” é dividida em grandes conjuntos temáticos, “que provocam nosso olhar e permitem estabelecer relações de diferenças pictóricas”:

Nossa terra, nossa gente [paredes em amarelo]

Nossas lutas [paredes em laranja avermelhado]

Nossos sonhos [paredes em rosa]

A exposição revela que o artista no Brasil, desde o início do século 19 e durante todos os períodos de formação de nossa nacionalidade, foi sensível aos aspectos da cultura e da identidade brasileiras.

Os artistas participantes de “Brasil Brasileiro” são:

Adir Sodré, Agostinho Batista de Freitas, Alberto da Veiga Guignard, Aldo Bonadei, Alex Flemming, Alfredo Volpi, Almeida Junior, Anatol Wladyslaw, Anita Malfati, Antonio Bandeira, Antonio Henrique Amaral, Antonio Maia, Antonio Peticov, Antonio Poteiro, Arcangelo Ianelli, Bajado, Benedito Calixto de Jesus, Candido Portinari, Carlos Prado, Carlos Vergara, Carlos Zílio, Cícero Dias, Claudio Tozzi, Djanira da Mota e Silva, Emiliano di Cavalcanti, Aldemir Martins,Flavio de Carvalho, Francisco Brennand, Francisco Rebolo Gonçalves, Fulvio Pennacchi, Heitor dos Prazeres, Iberê Camargo, Ivald Granato, Ivan Serpa, J. Batista da Costa, João Batista Castagneto, João Batista da Costa, Jorge Mori, José Antonio da Silva, José Coimbra, José do Carmo, José Pancetti, José Pereira, José Roberto Aguilar, Kichizaemon Takahashi, Lasar Segall, Leonilson, Licídio Lopes, Lula Cardoso Ayres, Maria Auxiliadora, Maria do Socorro da Silva, Martinho de Haro, Meyer Filho, Milton Dacosta, Miriam Inês da Silva, Nelson Leirner, Nice Nascimento, Nicolas-Antoine Taunay, Nilson Pimenta, Raimundo Cela, Roberto Burle Marx, Rodrigo de Haro, Rubens Gerchman, Sergio Vidal, Siron Franco, Tarsila do Amaral, Thomaz Ianelli, Tomás Santa Rosa, Tomoshige Kusuno, Vicente do Rego Monteiro, Waldomiro de Deus, Yoshiya Takaoka e Yolanda Mohalyi.

Serviço: Brasil Brasileiro

Visitação pública: 20 de janeiro a a 05 de abril de 2009

CCBB Rio de Janeiro

Rua Primeiro de Março, 66 – Centro

Tel: 21 3808.2020

De terça a domingo das 10h às 21h

Entrada franca

Quintino Gomes
Defensor do Carioca Way of Life, morou em Jacarepaguá a vida toda, trabalhou na Zona Oeste, na Zona Norte, Centro e Zona Sul. O pai é português e a mãe carioca da Gema, do Bairro de Fátima
Quintino Gomes

Latest posts by Quintino Gomes (see all)

3 Comentários

  1. Marcus Vinicius Araújo on

    Exposição fantástica… esse país é gigante em sua cultura!!!
    Olá gostaria de saber qual é o nome do autor de uma tela de São Jorge que estava na exposição, na parte “Nossas lutas” se não estou enganado… Lembrei-me dessa tela no feriado… se puder responder no meu e-mail ficarei grato. >> [email protected]
    abç.

Leave A Reply