Guindastes históricos ganham iluminação especial no Centro do Rio - Diário do Rio de Janeiro

Guindastes históricos ganham iluminação especial no Centro do Rio

0

Dois guindastes do ano 1968 foram recém-restaurados e ganharam luzes artísticas em um projeto de iluminação da designer Mônica Lobo, que também é responsável pela luz do Museu do Amanhã. Tombados pelo Município em 2015, os equipamentos ficam na Praça Mauá.

“A ideia e o conceito de iluminação foi a de revelar a estrutura e sua imponência com iluminação branco quente, conferindo alma e vida com troca de cor da iluminação na cabine e na haste de carga. Com este recurso, a estrutura se comunicará com a cidade, homenageando datas específicas e proporcionando espetáculo visual para visitantes da área”, diz Mônica Lobo.

Pao-do-Ouvidor O Shopping Paço do Ouvidor já é uma referência no centro da cidade do Rio de Janeiro. Quer conferir? Passa no Paço!

Foram investidos R$ 200 mil para a montagem da estrutura de luzes de LED, que causam um belo efeito visual, o projeto de restauração levou 11 meses para ser concluído. A utilização de lâmpadas LED de alta eficiência permitiu manter o consumo de energia total por guindaste em torno de 720 watz, mínimo para uma estrutura deste porte, enquanto o normal seria em média 4 mil watz.

Inoperantes há cerca de 20 anos, os guindastes, agora especialmente iluminados, ajudaram a construir a história econômica e social da cidade do Rio de Janeiro, que sempre teve atividades portuárias muito intensas.  Chegaram ao local na década de 50 e, à época, foram trocados por sacas de café. Guindastes do mesmo modelo foram desativados por toda a costa brasileira, de Manaus até Rio Grande, substituídos por novas tecnologias.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Felipe Lucena
Felipe Lucena é jornalista, roteirista e escritor. Filho de nordestinos, nasceu e foi criado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apesar da distância, sempre foi (e pretende continuar sendo) um assíduo frequentador das mais diversas regiões da Cidade Maravilhosa.
Felipe Lucena

Latest posts by Felipe Lucena (see all)

Comente