História do Edifício Lellis, o residencial mais antigo de Copacabana

 

Morar na Orla de Copacabana ainda é o sonho de muita gente. Todavia, essa prática só começou após a construção do Edifício Lellis. As obras do Edifício Lellis-São Paulo começaram em 1928. O estilo neoclássico chama a atenção pelo requinte de seus detalhes arquitetônicos.


Com mais de meio século de tradição no mercado imobiliário da Cidade do Rio de Janeiro, a Sérgio Castro Imóveis exalta locais que visam a valorização da cultura e história da Cidade Maravilhosa.

O Edifício Lellis foi construído pelo comerciante Domingos Lellis. Ele fez a parte da frente do Edifício – o trecho que se chama Lellis – para morar com a família.  O outro pedaço da edificação se chama São Paulo, mas em homenagem a cidade onde Domingos fez fortuna, não por causa do santo como muitos imaginam.

Ainda vivendo na cidade de São Paulo, Domingos Lellis construiu um palacete Lellis. É uma belíssima construção, mas hoje é em uma área menos nobre da capital paulista, se for comparado ao xará carioca.

Palacete Lellis, erguido em 1920, no centro de São Paulo

O prédio na orla carioca foi inaugurado em inaugurado em 1931. Na época foi chamado, inicialmente, de Palacete São Paulo. “Esta tradição de chamar edifícios de palacetes era comum até a primeira metade do século XX”, destaca Leonardo Ladeira, da Coluna do Patrimônio Histórico, no site Rio e Cultura.

Muitos dos prédios (ou palacetes) clássicos de Copacabana, alguns vizinhos do Edifício Lellis, foram demolidos para que novas construções fossem erguidas, como o Cinema Rian e o Palacete da família Paranaguá.

nos anos 1940

Um dos moradores mais famosos do Lellis foi o médico e primeiro reitor da Universidade do Distrito Federal (UDF), atual Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rolando Monteiro.

Edifício ao fundo

O Lellis, de Copacabana, tem um magnifico terraço para festas, com vista para o mar. São apenas dois apartamentos por andar, o que torna o prédio bastante exclusivo. O elevador, com espelhos belgas e feito de jacarandá é considerado um dos mais bonitos da cidade“, afirma Claudio Castro, atual síndico do Lellis.

elevador do Lellis

Recentemente o Lellis passou por uma reforma que valorizou ainda mais os detalhes arquitetônicos e sua bela história.

Deixe seu comentário

Felipe Lucena497 Posts

Felipe Lucena é jornalista, roteirista e escritor. Filho de nordestinos, nasceu e foi criado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apesar da distância, sempre foi (e pretende continuar sendo) um assíduo frequentador das mais diversas regiões da Cidade Maravilhosa.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password