Hist贸ria do Rel贸gio da Gl贸ria - Di谩rio do Rio de Janeiro

Hist贸ria do Rel贸gio da Gl贸ria

0

Anos 1950

Um dos bairros mais tradicionais da cidade do Rio de Janeiro, a Gloria tem muitos atrativos hist贸ricos. O Rel贸gio 茅 um dos pontos marcantes e literalmente pontuais do local.

Localizado na Rua da Gl贸ria, em frente 脿 C芒ndido Mendes, o Rel贸gio foi instalado na gest茫o do prefeito Pereira Passos, em uma a莽茫o de embelezamento do Bairro.

Com mais de meio s茅culo de tradi莽茫o no mercado imobili谩rio da Cidade do Rio de Janeiro, a Sergio Castro Im贸veis apoia constru莽玫es e iniciativas que visam o crescimento da Cidade Maravilhosa sem que as caracter铆sticas mais simb贸licas do Rio se percam

Pereira Passos mandou retirar a balaustrada de bronze que circulava a Pra莽a Tiradentes, no Centro do Rio, e transferi-la para a Avenida Augusto Severo. O Rel贸gio teve a finalidade de arrematar o conjunto鈥, destaca o Rio e Cultura.com.

Antiga imagem do Rel贸gio e do Bairro

A inaugura莽茫o se deu no dia 15 de abril de 1905. 脌 茅poca, foi a Companhia de Ferro Carril do Jardim Bot芒nico (tamb茅m respons谩vel pelos bondes da cidade) quem fez a ilumina莽茫o do Monumento, que 茅 formado por uma coluna de 7,5 metros de altura.

A m谩quina do Rel贸gio foi instalada pelo relojoeiro alem茫o Frederich Krussman. O material utilizado na constru莽茫o da pe莽a 茅 franc锚s.

Em 1980, houve um problema. O Rel贸gio da Gl贸ria foi quebrado. Um relojoeiro comum se ofereceu para consertar, de gra莽a, a pe莽a, mas n茫o conseguiu. Muitos tentaram corrigir o erro, por茅m, sem sucesso. O tempo foi passando e os ponteiros do Rel贸gio seguiam parados. A falta de informa莽茫o dificultou o reparo, que s贸 foi conclu铆do em 1986.

O Rel贸gio 茅 tombado pelo Instituto Estadual do Patrim么nio Art铆stico-Cultural – INEPAC. Apesar disso, como boa parte dos monumentos cariocas n茫o escapa dos atos de vandalismo. O que 茅 lament谩vel.

A Igreja ao fundo

Atualmente, quem passa pelo Rel贸gio da Gl贸ria ainda pode acertar a hora de modernos rel贸gios de pulso ou celulares nesse Monumento hist贸rico. Al茅m de apreciar o indiscut铆vel charme da obra.

Felipe Lucena
Felipe Lucena 茅 jornalista, roteirista e escritor. Filho de nordestinos, nasceu e foi criado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apesar da dist芒ncia, sempre foi (e pretende continuar sendo) um ass铆duo frequentador das mais diversas regi玫es da Cidade Maravilhosa.
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente