O Dia do Mestre - Di√°rio do Rio de Janeiro

O Dia do Mestre

0

Sempre sonhei em compartilhar as poucas informa√ß√Ķes que tenho,adquiridas ao longo de viagens, leituras, cursos e conversas com meus alunos e amigos. Entendo que cabe a cada de um n√≥s dividir o que sabemos, com a humanidade e assim ajudar a plantar sementes que disseminem novos conceitos e sejam portadoras da ideia da diversidade,que deve nortear nossa a√ß√£o educadora.

Assim,escolhi a profiss√£o de Professor e tenho me esfor√ßado em cumprir o papel de um educador,com √™nfase na mudan√ßa e na discuss√£o de a√ß√Ķes que sejam porta-vozes de um debate e n√£o apenas de transmiss√£o de informa√ß√Ķes.O papel de um docente vai muito al√©m de citar in√ļmeros autores e teorias,que refletem uma pseudo maturidade intelectual,baseada no “decoreba” e na cita√ß√£o de pessoas,sem que elas sejam contextualizadas no universo do aluno.Nosso grande desafio √© criar um aluno pensante e que com as informa√ß√Ķes recebidas possa fazer pequenas revolu√ß√Ķes no seu dia a dia,sendo mais participativo na constru√ß√£o da democracia.

A Escola √© e sempre ser√° o ambiente da troca de informa√ß√Ķes e do nascimento de formas inovadoras de gest√£o sustent√°vel,calcadas num misto de vontade individual de sobreviver mas certeza de que o mundo se constr√≥i a quatro m√£os,numa sociedade em que a palavra √©tica precisa ser valorizada e tida como algo comum e n√£o um atributo especial.Buscamos formar ou pelo menos ajudar na forma√ß√£o de futuros integrantes de uma sociedade globalizante,que esquece o ser humano e prioriza o resultado,sem nenhuma forma de entendimento da caminhada de busca por um mundo que respeite as leis e o saber fazer ,para um mundo melhor.

No pr√≥ximo dia 15 de outubro,estaremos comemorando o dia do Mestre,que a cada dia que passa vai perdendo seu papel fundamental por falta de estimulo,sal√°rios inadequados,condi√ß√Ķes de seguran√ßa e a viol√™ncia de certas coordena√ß√Ķes e institui√ß√Ķes,que assediam grandes mestres,sem respeito pela trajetoria e pela colabora√ß√£o com as mesmas.S√≥ que n√£o vamos desistir nunca.Nunca mesmo.Estamos aqui para cumprir nosso desejo de ensinar e n√£o nos moldar a padr√Ķes criados¬†dentro de gabinetes,sem uma maior discuss√£o.

O turismo √© uma forma de educar a humanidade.Com ele,temos a possibilidade √ļnica de nos aculturar a cada viagem,conhecer novos comportamentos e deixar nossa mente viajar pelo mundo para nunca parar de lutar ,por um Estado que priorize a Educa√ß√£o e o professor…

Viva o dia do mestre.Viva o dia 15 de outubro.

Bayard Boiteux

Bayard Boiteux

Gerente de Turismo at Preservale
Professor universitário, escritor, pesquisador que acredita na democracia, na diversidade e luta por um mundo melhor através da educação
Bayard Boiteux
Bayard Boiteux

Latest posts by Bayard Boiteux (see all)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente