O Rio de Janeiro perdeu a guerra contra a barbárie

cristo redentor

O estupro coletivo da menina na Praça Seca por trinta monstros é só mais um ponto que ressalta ainda mais em nossas caras, o Rio de Janeiro perdeu a guerra contra a barbárie.

Um governo ausente, inútil,  corrupto e desprezível comandado pelo PMDB, seja no Governo, na ALERJ, na Prefeitura ou na Câmara dos Vereadores. Uma oposição de esquerda tão desprezível quanto, que defende bandidos e berra apenas para ganhar votos e uma a direita inexistente. E ainda temos de ver o deputado Marcelo Freixo (PSol) tentando defender a menina, deputado, a culpa também é sua a sempre defender os criminosos e criminalizar a nossa Polícia.

A imprensa? Esta passou anos batendo palmas por uma UPP que um dia, era claro, não se sustentaria. Poucos policias, muito espaço e ainda deixando os criminosos livres, como se eles fossem decidir por uma vida honesta. O grande ídolo era Beltrame que nunca teve uma política de segurança, só um arremedo, passou quase 13 anos como secretário de Segurança e a situação pouco mudou de lá para cá.

A solução seria uma intervenção federal, que não vai acontecer, afinal o mesmo PMDB está lá no Planalto. E não ache que seria diferente com Dilma, afinal Cabral e Pezão sempre foram seus aliados.

Não cariocas, nós estamos largados a nossa própria sorte. Mas pelo menos vamos ter um mês de paz, vem aí a Rio 2016, a cidade estará bem… mas com a despedida dos atletas voltaremos a estar sob o comando da bandidagem.

Deixe seu comentário

Quintino Gomes Freire8911 Posts

Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.

12 Comentários

  • Airtovisk Reply

    6 de junho de 2016 at 08:02

    É isso aí gente! Essa é a “Cidade Olímpica” do Dudu, o “Prefeito de Merda” que temos!!

  • eduardo mufarrej Reply

    27 de Maio de 2016 at 23:32

    em um país como o Brasil que confere um imenso valor a putinhas e malandros, só se pode esperar isso (é daí pra pior, e vai piorar muito); o problema do país são os brasileiros e sua cultura

    • eduardo mufarrej Reply

      27 de Maio de 2016 at 23:35

      a MC Larissa Macedo (Imitta) e todos os que curtem e cultuam essa mulher-objeto têm a sua parcela de culpa, afinal Imitta, em suas músicas, faz apologia às agressões do homem contra a mulher (vide letra da música bãngui)

  • Rogerio Salles Reply

    26 de Maio de 2016 at 19:11

    Rogerio Salles

    Eu me pergunto se realmente vamos ter um mês de PAZ, acho que vão colocar todo contingente onde vão acontecer os eventos e a periferia vai ficar entregue aos marginais.

    • Ricardo Reply

      27 de Maio de 2016 at 08:49

      Não tenha dúvidas disso. As áreas contempladas vão ser apenas as turísticas e as que vão ter competição.

      E ainda temos o fato de que a TV não vai noticiar nada do que acontecer fora desse contexto esportivo pra não “queimar” o filme da organização do evento.

  • Silvio Reply

    26 de Maio de 2016 at 18:37

    O Freixo nunca defendeu criminosos. Parem com essa falácia ridícula. Ele defende os direitos humanos e a lei de direito. O que é BEM diferente. Se o autor do texto não entende essa diferença tão básica, por favor volte pra escola.

    • Leniéverson Reply

      27 de Maio de 2016 at 06:42

      Não, Sílvio, não é Falácia, ele sempre defendeu criminosos, defendeu e defende carniceiros como Chê-Guevara, Mariguela, Stalin, Nicolás Maduro, dentre outros. Você é mais um bajulador defendendo um comunista, que deveria ser varrido da vida pública. Quem tem de voltar para a escola ~e você, comuna.

    • Alexandrr Reply

      28 de Maio de 2016 at 18:09

      Defende bandido SIM! Ou vc esqueceu a Sininho?

  • Marcelo Tavares Reply

    26 de Maio de 2016 at 17:47

    Parabéns pelo texto, ele representa a realidade carioca.

    • Edneia O Santos Reply

      26 de Maio de 2016 at 18:08

      Estive a 20 dias atrás no Rio que amo tanto, tomando uma agua de coco e observando o mar lindo de Ipanema se não me engano posto 9, quando observando o empregado de uma barraca de nome Cats colocar uma garrafa vazia de pinga 51, ai aparece um menino pega a garrafa atravessa a Av. Atlantica quebra e coloca uma pedaço na blusa e sai para assaltar duas moças na praia, que sairam correndo, mas antes com certeza entregaram tudo ao menino, que saiu tranquilamente pegou o amigo que estava na dita barraca e sairam como se nada tivesse acontecido, questionei o tal empregado que disse que nada pode fazer, fiquei mais triste ainda ao caminhar até o Arpoador onde os policiais fazem a segurança, sem nem sairem do carro só no celular absurdo dos absurdos. Triste ver um Rio assim nas mãos de criminosos.

      • Silvana Reply

        30 de Maio de 2016 at 03:46

        Eu vi isso acontecer no Leblom, e o pessoal das barracas tem medo dos bandidos, por isso não fazem nada para defender os turistas !

Deixar um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password