Palpites do Diário do Rio para a apuração do Carnaval Carioca 2017 - Diário do Rio de Janeiro

Palpites do Diário do Rio para a apuração do Carnaval Carioca 2017

0
Como já é tradicional, o Diário do Rio apresenta os seus palpites para a apuração do Carnaval. Eu, Bruno Kazuhiro, estive representando o portal na Sapucaí durante os 4 dias de desfile (2 do Acesso e 2 do Especial) e, durante nossa cobertura para as redes sociais do Diário, pude acompanhar com atenção as apresentações das escolas.
No Grupo Especial os dois dias ficaram, lamentavelmente, marcados pelos acidentes que deixaram feridos graves, a quem desejamos pronta recuperação. Contudo, muitas agremiações fizeram bons e emocionantes desfiles, sem grandes imprevistos, e disputam quem voltará em posição melhor no sábado das campeãs.
No primeiro dia, bons desfiles de Imperatriz, Salgueiro e Beija-Flor, um desfile médio da Grande Rio, embora muito animado com o carisma de Ivete Sangalo, e um desfile fraco da Vila Isabel. A Paraíso do Tuiuti foi melhor que a Vila, mas o acidente com um carro alegórico comprometeu a escola.
Já no segundo dia, tivemos bons desfiles de Mocidade, Portela e Mangueira, uma apresentação elogiável da São Clemente e um desfile que começou muito bem, com bateria admirável, mas terminou com problemas, da União da Ilha. A Unidos da Tijuca teve problemas graves na estrutura de um carro alegórico e o desfile atrasou e se desorganizou, com as alas se apresentando antes das alegorias. A agremiação ainda estourou o tempo limite em 1 minuto.
No Grupo de Acesso os destaques foram Estácio de Sá, que esteve no Especial ano passado, Viradouro, a tradicional Império Serrano e a Unidos de Padre Miguel, que sobrou em qualidade técnica.

OS PALPITES

A partir do desempenho de cada escola e do que observei na Avenida, acredito que:
  • Imperatriz, Salgueiro, Beija-Flor, Mocidade, Portela e Mangueira devem ser as 6 que retornam no sábado das campeãs, mas a São Clemente pode surpreender e tomar uma vaga.
  • A Portela, por ter errado menos, é a favorita para o título.
  • A Mangueira é outra forte candidata, mas teve problemas mais nítidos em evolução e seu último carro era fraco.
  •  O Salgueiro teve uma queda de produção no fim do desfile, mas tem chances.
  • Imperatriz, Beija-Flor e Mocidade correm por fora.
  • Em suma, um carnaval equilibrado no topo da tabela.
  • Já no final da tabela, a Unidos da Tijuca tem tudo para ser rebaixada pois seu desfile foi totalmente condenado pelo acidente, surpreendendo quem achava que a Paraíso do Tuiuti já tinha virtualmente retornado ao Grupo de Acesso.
  • A Vila Isabel deve estar nas posições inferiores e poderia ser rebaixada se não tivessem ocorrido os problemas com alegorias das concorrentes.
  • No Grupo de Acesso, a Unidos de Padre Miguel é favorita pois fez um desfile superior às demais, mas pode perder o título pela queda e substituição da Porta-Bandeira.
  • Império Serrano, Estácio e Viradouro têm chances e devem fechar os 4 primeiros lugares.
  • Por fim, Sossego, Curicica, Santa Cruz e Cubango devem brigar para não cair no Acesso. 1 escola será rebaixada e desfilará na Intendente Magalhães em 2018.

N.E.: Bruno Kazuhiro fez análises de todas as escolas, todos os dias, direto da Sapucaí. Assista na página de vídeos do Diário do Rio no Facebook. E Paulo Almeida fez todas as fotos e checagem de informação nos 4 dias direto da Concentração e a Flu Ferreira de casa e do camarote.

Bruno Kazuhiro

Bruno Kazuhiro

Presidente at Juventude Democratas
Bruno Kazuhiro, 28 anos, é formado em Direito pela UFRJ, Mestre em Ciência Política pelo IESP-UERJ e Presidente Nacional da Juventude do Democratas
Bruno Kazuhiro
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente