Prefeitura do Rio pode construir alternativa ao Joá

Elevado do JoáO Elevado do Joá é uma vergonha, talvez interessante para quem estude a anatomia de obras, os vergalhões aparecem para todos verem. E é aquilo a Prefeitura do Rio fecha o Engenhão e não o Joá. Mas pelo menos uma boa notícia, em depoimento na ALERJ o  coordenador de projetos da Secretaria de Obras do Rio, João Luiz Reis da Silva, anunciou que os moradores da capital terão uma nova via de acesso ligando a zona Sul à Barra da Tijuca, em alternativa ao Elevado do Joá.

 

“Esses estudos estão sendo feitos pela prefeitura e pela Fundação GeoRio. O projeto está em fase de detalhamento e a via alternativa será muito importante. Tão logo seja licitada, começaremos as obras”, anunciou Reis da Silva, sem especificar datas.

É claro que enquanto isso seremos obrigados a passar pelo Elevado do Joá. O que está acontecendo por enquanto são soluções parciais, na opinião da deputada Clarissa Garotinho (PR), presidente da Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional da ALERJ.

Os estudos da Coppe apontam que a solução definitiva seria a substituição dos dois tabuleiros da estrutura, mas não será essa a medida adotada pela prefeitura, pois precisaria de uma interrupção no tráfego. O que a prefeitura está adotando serão soluções parciais, que nos deixam um pouco mais tranquilos, mas causam certa insegurança. O que precisamos fazer é cobrar vias alternativas e a troca dos tabuleiros

Na audiência na ALERJ o professor Eduardo Batista, da Coppe/UFRJ, apresentou estudo contratado pela prefeitura para a detecção de problemas estruturais. O trabalho apontou as seguintes necessidades:

  • Recuperação permanente dos pontos de corrosão
  • Reforço das vigas principais, recuperação das juntas
  • Recuperação de pilares e manutenção dos cabos de protensão e dos “dentes gerber”.

O estudo concluiu que o elevado oferece segurança para uso regular, mas orienta que é necessário tratar os “dentes gerber” e substituir os tabuleiros superiores e inferiores.

“Existe uma degradação critica nos dentes de apoio, que foram vistoriados cerca de 420 vezes. Mas, podemos dizer que a solução definitiva é a troca e a renovação completa dos tabuleiros. Isso só poderá ser feito quando tivermos uma via alternativa disponível”, explicou Batista.

Demolição do Elevado do Joá pode ser necessária

Uma das poucas medidas tomadas até o momento pela Prefeitura do Rio foi que caminhões e veículos de carga não passem mais pela via e também diminuiu o limite de velocidade de 80 para 60 km/h. Nossa, que solução linda…

Para o deputado Luiz Paulo (PSDB)

“Considero que o Elevado do Joá seja um corpo com câncer, cheio de metástase. A prefeitura tem que fazer, urgentemente, a licitação de uma via alternativa, para, depois, adotar um remédio definitivo”

Deixe seu comentário

Quintino Gomes Freire8915 Posts

Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password