Prisão de Cabral é esperança ao carioca

Sergio-Cabral.jpg

Diário do Rio me faz acompanhar a política carioca há quase uma década, e sem contar meu interesse na área desde que me conheço por gente. E nesse tempo todo sempre tive um certo asco de Sérgio Cabral (PMDB), foi um péssimo deputado estadual, um senador ausente e um governador corrupto e finalmente foi preso hoje pela Polícia Federal em desdobramentos da Operação Lava Jato.

Cabral é um dos responsáveis pela falência que o Rio de Janeiro está, um governo feito por quem achava que mundo era feito de chantily e que a vida era uma grande festa em Paris. Ele usava helicóptero até para levar o cachorro para sua mansão em Mangaratiba, ou para ir do Leblon até o Palácio Guanabara, um total desrespeito ao dinheiro do pagador de impostos. Vivia como se fosse o dinheiro do estado e de seu bolso fossem o mesmo.

O governo de Cabral terminou com sua renúncia, viria candidato ao Senado (acabou abrindo mão da candidatura), e saiu vendo sua rua ocupada por manifestantes e sem deixar nenhuma marca positiva. A maior vitrine de seu governo, as UPPs, mostraram ser um desastre completo e que nada resolveu na crise de segurança do estado.

Sua prisão hoje era esperada, ao menos desejada, já eram muitas as denúncias contra ele, isso sem mencionar outras tantas que cada dia apareciam mas eram quase que esquecidas pela grande imprensa. Tamanha era a proteção a Cabral que as famigeradas fotos dele em Paris foram aparecer no Blog do Garotinho, o também ex-governador e também preso.

Guardanapos.jpg

Só não enxergava quem se fazia de cego, o patrimônio de Cabral não era nem um pouco compatível com sua renda. A mansão em Mangaratiba, o mega apartamento no Leblon, os gastos em viagem… e a desculpa dada para alguns gastos? A excelente advogada que é sua esposa, Adriana Ancelmo, que tinha como clientes fornecedores do estado do Rio, além de concessionárias como Metro Rio e outras. Não é a toa que ela também foi levada para prestar depoimentos. E não seria de estranhar que passasse um tempo atrás das grades.

Mas finalmente ele foi preso e deve ficar por um bom tempo, a opinião dos especialistas é que ele não deve conseguir nem a delação premiada, afinal, ele era o grande chefe do esquema, o cabeça aqui no Rio. Quem Cabral poderia entregar? E essa prisão nos dá esperança de um futuro melhor para o Rio, este grupo político que tão mal fez para os cariocas está com seus dias contados. Caiu Cabral, caiu Eduardo Cunha, agora falta mais dois ou três nomes.

Pezão, Eduardo Paes, Pedro Paulo, Picciani e Sergio Cabral

E, cariocas, vamos aprender a votar melhor, né?

Deixe seu comentário

Quintino Gomes Freire8878 Posts

Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password