Procon descarta mais de 300 Kgs de alimentos impróprios na Freguesia

O Procon Estadual realizou nesta quinta-feira (16/11) uma nova ação da Operação Pão na Chapa. Foram vistoriados quatro estabelecimentos, entre eles duas padarias, um atacadista e um hortifrúti no bairro de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Todos foram autuados e 319kg e 410g de produtos impróprios ao consumo foram descartados.

Somente no Gonzales Hortifruti, localizado na Rua Tirol, 324, os fiscais descartaram 240kg e 300g de produtos impróprios ao consumo. Entre os produtos vencidos estavam frios e embutidos diversos, sendo 115kg somente de presunto vencido há mais de 10 dias. Outros produtos encontrados no balcão de vendas de frios estavam sem especificação de validade. A câmara resfriada continha mofo e o teto estava quebrado com um pedaço de madeira utilizado como suporte. A fiação estava exposta na área do salão, colocando em risco a segurança do consumidor. Além disso, não havia caixa preferencial no local.

Na Padaria Cisne Branco, localizada na Estrada de Jacarepaguá, 7836, foram encontrados cerca de 11kg de produtos sem especificação de vencimento no estoque, entre calabresa moída, carne moída, multicereais e massa para bolinho de bacalhau. Outros 7 kg de ponta de frios variados também estavam sem especificação na área de vendas. Entre os produtos vencidos na área de estoque havia 500g de pasta de presunto e 5 kg de massa para panetone vencida desde maio deste ano. Na área de vendas, 35kg e 300g de embutidos estavam vencidos. As câmaras de congelados e de resfriados estavam com a porta e portal enferrujados e com mofo. A lixeira não possuía tampa e não havia porta na passagem da área externa das câmaras para dentro da cozinha. O local não contava com os cartazes de fornecimento de água gratuita e do Disque 180, do combate à violência contra mulher, nem com os certificados do Corpo de Bombeiros e de potabilidade da água. O Livro de Reclamações estava sem a capa, não havendo possibilidade de saber se fora autenticado.

A padaria Forno do Dão, localizada na Estrada dos Três Rios, 1156, armazenava 3 litros de cerveja e 7kg de produtos entre linguiça, iogurte e blanquet vencidos e outros 12 kg de pontas de frios variados sem especificação de validade. Já o Assaí, localizado na Estrada Jacarepaguá, 7753, não apresentou aos fiscais o certificado do Corpo de Bombeiros.

Deixe seu comentário

Quintino Gomes Freire8880 Posts

Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.

1 Comentário

Deixar um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password