Projeto dos novos quiosques da orla carioca | Diário do Rio

Projeto dos novos quiosques da orla carioca

25

Eu não escondo de ninguém que sou um grande fã dos novos quiosques na Orla carioca, e motivos não faltam, já que conheço muitos quiosques por dentro e, obviamente, por fora. Normalmente são feios, tem uma impressão de sujo e desorganizadíssimos. Ao contrário dos novos quiosques, que são super agradáveis de se ver. Sobre aumento do desemprego por causa dos novos quiosques, falei um pouco aqui

Novo quiosque na orla de Copacabana

O texto abaixo traz as implementações feitas pelo novo quiosque, e após as diferenças entre cada mobiliário nas diferentes regiões da orla carioca. O texto foi retirado da empresa responsável pelos quiosques e implementação destes, Orla Rio.

NOVOS QUIOSQUES de material mais durável e totalmente incorporado ao ambiente permitirão:

maior visualização da praia graças à sua trasnparência e seu novo design
melhoria na qualidade do atendimento, possibilitada por uma otimização do espaço interno

DECKS DE APOIO trarão maior conforto aos usuários com:

passagem das mesas e cadeiras para a parte traseira do quiosque abrindo espaço do calçadão, atualmente utilizado pelo mobiliário
resgate de áreas degradadas e sem uso, com a implantação de bancos em toda sua borda

BANHEIROS SUBTERRÂNEOS que evitam o impacto decorrente de um mobiliário a mais na superfície, oferecendo para os freqüentadores da orla:

banheiros masculinos e femininos com chuveiros de água quente e fria
banheiros para deficientes físicos, com acesso especial, a cada 1000m
banheiros para pais e mães com crianças do sexo oposto seu sistema estará inteiramente interligado à rede de esgotos da CEDAE, levando esses resíduos diretamente para o interceptor oceânico, colaborando para livrar as praias desta poluição localizada.

DEPÓSITOS SUBTERRÂNEOS para o armazenamento de mercadorias dos quiosques, trazendo à cidade:

minimização dos transtornos no trânsito decorrentes da carga e descarga destas mercadorias durante o dia, pois tal serviço será efetuado unicamente entre 24:00h e 06:00h
redução de obstáculos à visão da praia, causada pelo armazenamento de mercadorias em torno do quiosque
reforço das muretas de contenção em caso de ressacas

LIXEIRAS SUBTERRÂNEAS possibilitarão:

eliminação de obstáculos à visão da praia
coleta seletiva do lixo da praia, contribuindo para a reciclagem desse lixo e para a geração de ovos empregos
minimização dos transtornos no trânsito decorrentes da coleta do lixo durante o dia, pois tal serviço será efetuado unicamente entre 24:00h e 06:00h

O projeto também levará em conta as particularidades de cada região.

Copacabana

Nessas praias o projeto prevê, graças à grande largura da faixa de areia em determinados trechos, a instalação de decks de fibra sobre áreas hoje degradadas e sem utilização. E no mesmo lugar dos atuais quiosques. Em torno dos decks, projeto paisagístico reinsere espécies nativas de restinga há muito desaparecidas, criando ambientes naturais de rara beleza. Sob essa estrutura será feita a instalação de banheiros, masculinos e femininos, dotados com chuveiros de água quente e fria. Junto a eles, depósitos permitirão o correto acondicionamento das mercadorias dos quiosques e o fornecimento de toda a infra-estrutura de apoio como caixas d’água, bombas e máquinas de gelo. Tudo isso ocupando 0,02% de toda a faixa de areia dessas praias, usando um pedaço que, de acordo com a própria FEEMA é área atualmente mais degradada do que o próprio mar.

Arpoador, Ipanema e Leblon

Neste setor o projeto prevê a instalação dos novos quiosques sobre as plataformas já existentes atualmente. Todo um projeto paisagístico prevê a recuperação da vegetação nativa. Os banheiros e depósitos estarão sendo construídos sob o calçadão e a ciclovia. Apenas no Mirante da Niemeyer há uma diferenciação no projeto devido ao substrato do local – pedra.

São Conrado

Neste setor o projeto prevê a instalação dos novos quiosques sobre as plataformas já existentes atualmente. Todo um projeto paisagístico prevê a recuperação da vegetação nativa. Os banheiros e depósitos estarão sendo construídos sob o calçadão e a ciclovia. Apenas no Mirante da Niemeyer há uma diferenciação no projeto devido ao substrato do local – pedra.

Barra da Tijuca e Recreio

Aproveitando as plataformas existentes, o projeto prevê a instalação de 2 quiosques por plataforma, retirando o mobiliário de cima do calçadão, permitindo uma circulação maior por parte dos pedestres. A vegetação original de restinga será totalmente recomposta, colaborando com a recuperação deste ecossistema. Sob o calçadão os banheiros e depósitos contribuirão para a melhoria nos produtos e serviços oferecidos na praia.

Prainha

Área de proteção ambiental esta pequena praia lançadora de moda receberá um projeto à altura, com todos os cuidados que um santuário ecológico merece. Não serão construídas áreas subterrâneas, sendo que os decks serão totalmente recompostos, assim como instalados banheiros localizados na área do estacionamento de carros.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Quintino Gomes Freire
Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.

Comente