Rádios cariocas são as mais ouvidas do Brasil | Diário do Rio

Rádios cariocas são as mais ouvidas do Brasil

45

jduarte_radio-3_0.preview Carioca gosta muito de ouvir rádio. Na pesquisa do Ibope sobre a audiência das rádios brasileiras rádios cariocas lideram tanto na FM quanto na AM.

 

Na FM lidera a FM O Dia e na AM lideram Globo e Tupi do Rio. Porque essa liderança? Na FM acho que é pelo falo do carioca ser um povo muito musical e gostar muito de dançar, mais que o paulista.

 

Na AM talvez a razão seja mais histórica e tenha raízes na Rádio Nacional que funciona até hoje na Praça Mauá. Era uma potência do rádio, pricipalmente antes da TV. Isso pode ter criado um hábito que foi sendo difundido de geração em geração.

Vejam os dados do IBOPE:

 

EMISSORAS COM MAIORES MÉDIA DE OUVINTES POR MINUTO 2008

FM

Emissora Praça Média de ouvintes por minuto
O Dia Rio de Janeiro 192.919
Tupi São Paulo 170.080
Nativa São Paulo 161.473
Mix São Paulo 138.939
Transcontinental São Paulo 135.474

 

AM

Emissora Praça Média de ouvintes por minuto
Globo Rio de Janeiro 184.729
Tupi Rio de Janeiro 149.173
Globo São Paulo 116.887
Farroupilha Porto Alegre 71.606
Jornal Recife 70.409
Quintino Gomes
Defensor do Carioca Way of Life, morou em Jacarepaguá a vida toda, trabalhou na Zona Oeste, na Zona Norte, Centro e Zona Sul. O pai é português e a mãe carioca da Gema, do Bairro de Fátima
Quintino Gomes

Latest posts by Quintino Gomes (see all)

45 Comentários

  1. Aqui as rádios são mais ouvidas pq tem pouca rádio!
    Aí o povo tem que escutar o que tiver pegando mesmo….

    Por isso a média de ouvintes sobe.

    Por pura falta de opção.

  2. Tô com o Daniel!

    Considero as rádios do RJ as piores do Brasil, com uma programação extremamente repetitiva e pouquíssimo diversificada. Como são poucas a maioria se contenta com o que tem.

    As AM são excelentes no que tange a cobertura esportiva. No mais, São Paulo, BH, e POA dão de 10 x 0!!!

    ROCK N’ ROLL rules!

    – Guilherme

  3. AM quem lidera é o Rio de Janeiro, e nao tem como discutir.
    Mas apesar de tudo FM é São Paulo com Mix e Jovem Pan. Nós eramos a melhor quando havia a Rádio Cidade que era a melhor rádio do Brasil. Mas quem sabe um dia a OI FM se torne um símbolo…

  4. Concordo que existam poucas opções, embora recentemente surgiram alternativas como a Manchete e a Mundial, o problema são rádios como a Band AM, cuja grade (formada em sua maiioria por terceirizados) é totalmente sem pé nem cabeça.
    Agora dizer que as rádios do RJ, São as piores do Brasil é um exagero.
    Em SP, tirando Bandeirantes e Jovem Pan o resto é um saco.
    Em BH, além de Itatiaia e Inconfidência tem mais o quê?
    Em POA, vamos de Gaúcha e Guaíba mesmo.
    Embora as rádios citadas acima sejam boas, Não troco Tupi, Manchete ou Mundial por nenhuma delas.

  5. Completando:
    As AMs de SP são tão boas, que a líder de audiência por lá é a Globo, cujo metade da programação é produzida e gerada no RJ. Que Tal!!!
    Em SP e POA, as emissoras optaram por fazer algo mais segmentado, no caso, jornalismo. Porém se esse tipo de programação não for bem feita, acaba se tornando maçante. CBN e Eldorado-SP que o digam.
    Aqui no RJ, Globo e Tupi seguiram o rastro deixado pela Nacional. Por questões de IBOPE outras seguem o mesmo caminho e aí ficamos sem opção.
    A Mundial 1180 está quebrando essa tradição, e está mandando muito bem e não podemos esquecer da MEC AM que tem uma bela programação, além de um ótimo som.
    Quanto as FMs:
    Seguindo na linha do que o RAFAEL OLIVEIRA disse, JP e MIX são estações que tem mais a cara de SP.
    Aqui a MIX tem mais de 70% da grade local, caso contrário iria amargar baixas audiências.
    A FM O DIA e a TUPI FM (me nego a chama-la de Nativa, isso é uma aberração, uma bizarrice criada por não sei quem) tocam o que o povo quer ouvir, e vão liderar mesmo. Tanto que a 98 FM (agora BEAT 98)segue na mesma “toada”.

  6. Paulo Renato Pinto Porto on

    Não tenho hábito de ouvir FM. Sou do tempo em que se ouvia FM como opção para boa música, não jornalismo. Quanto às AMS, acho que o rádio do Rio carece de emissoras com radiojornalismo melhor qualificado, como fazia a antiga Rádio JB AM, leve de se ouvir, com música de boa qualidade e jornalismo. A Gaúcha e a Bandeirantes, no RS e SP, dão um banho nesse quesito. O rádio carioca investe pouco em jornalismo. A Globo, Tupy e Manchete são radios extremamente popularescas, com programas policiais, pecam pelo excesso de humanização de alguns temas, tornando-os assuntos melodramáticos,que exploram com inteligência para aquele tipo de ouvinte. As entrevistas estão centradas com artistas sobre fofocas, assuntos que só interessam a quem tem curiosidade de saber o que se passa com o frívolo universo dos famosos. A CBN é uma exceção. Tem também a Band News FM…

  7. Olha gostaria de saber que tipo de pesquisa é essa… que dá as rádios do Rio e Sampa como melhores, hoje as programações das rádios mais se parecem com um caminhão cheio de Japa(sem querer ofender)são todas iguais.O que se vê atualmente é que o rádio esta perdendo a sua identidade.Quem pode dizer um nome de um Locutor de rádio que faz uma programação diferente hoje no Brasil???? Ou seja o rádio esta falido…

  8. As rádios do Rio de Janeiro realmente não tem uma programação magnífica,
    mas querendo ou não, as rádios do Rio estão entre as melhores.

    Viva o Rio!

  9. Concordo em parte com o Paulo Renato Pinto Porto, ao dizer que as rádios am do Rio deveriam ter carater mais jornalistico. De fato poderia-se ser um pouco mais sim, porem o publico da AM é um publico, na sua grande camada formada por pessoas de renda mais baixa, e faixa etaria que esta na descedência da vida. Eles querem coisas que a façam sorrir,que elas possam enteragir, se sentirem prestigiadas, ja que como citei acima, por serem de classe media baixa vivem em situações muito desfavoraveis, são bastante descriminalizados. E quanto a este perfil de programa, eu duvido que outro Estado faça melhor. Até porque, sem querer ser redundante, o perfíl do Carioca é essa pessoa de altíssimo astral!
    Destaque para Rádio Manchete AM 760:Estão dando um show de rádio e inovando em relação as Bam Bam do rádio AM: Globo e Tupi.

  10. amelhor rádio e quele que da informação o tempo todo cultura prestação de serviço gratuito desenvouvera sua comunidade com campanha e educativa jornalismo

  11. O rádio AM no Brasil nunca irá se acabar. Na verdade, as rádios do Rio são muito boas, principalmente a Globo e a Tupi. Mais muita gente esquece e descrimina o rádio nordestino que também tem três grandes rádios AM, e com certeza estão entre as 10 melhores do Brasil, que são: Super Rádio Clube de Pernambuco, Rádio Jornal do Comércio de Recife e a Rádio Sociedade da Bahia. Não esqueçam que a Rádio Clube de Pernambuco é a emissora mais antiga da América Latina, é a mais potente do norte/nordeste com 100 kw e a primeira a transmitir futebol e a fazer rezenhas esportivas em todo território nacional,
    além de cobrir diversas Copas do Mundo.

  12. José Maria R de Oliveira on

    Gosto do rádio AM e FM no RJ, pois inovaram e deram um rumo ao rádio no Brasil, principalmente o rádio FM, com início da FM Rádio Cidade do RJ que inovou realmente. Hoje fico triste pois o outro sopro de inovação, a Rádio Mundial AM, a “ex-rádio que você vê” deixou de existir como rádio eclética. Passou a ser mais uma rádio evangélica. Ninguém ficou sabendo. Lamento. É mais uma chama de tentativa de mudança, para melhor, que se apaga.

  13. Marcos Antonio Rocha on

    O AM nunca deixará de existir, e outra Rio é Rio, Sampa é Sampa, eu particularmente considero o AM de São Paulo o melhor de todos, principalmente estes comunicadores de peso que estão na Capital e Record. (Quem não se lembra do Zé Bettio, que nos anos 70 ganhava mais que o presidente da República, está de volta na Record, claro que não é mais toda aquela audiencia dele com aquele jeito simples, mas continua igual,um Gil Gomes, Eli Correa, Paulo Barbosa, Paulo Lopes, …

  14. Francisco Bastos on

    A maior audiencia de radio FM no Brasil eh a FM 93.
    Abram o almanaque do IBOPE e vejam.

    gente, bairrismo eh burrice.

    Francisco

  15. Olavo Henrique on

    O rio tem excelentes rádios que abranje todos os gostos
    música erudita Rádio mec
    adulto: Paradizo fm, Antena 1 E a JBfm que é show,
    Popular: Beat 98, Nativa, Fm o dia, Mania
    Jovem : Oifm, Costa Verde, entre outras
    católicas Catedral fm
    entre outras como a MPB fm
    e no interior Califórnia em Barra do Piraí com programação adulta, sociedade programação jovem em Barra Mansa e a cidade do aço popular em volta redonda
    além de grandes locutores que dão brilho a programação das emissoras
    além do mais.. dentro do teu segmento fazem um ótimo papel
    são criativas nas vinhetas e sempre são copiadas por outras emisoras de outros estados

  16. também acho que as radios paulistas são as melhores ,porem não é muiita coisa na frente não é só vc analisar as radios am do rio e as de sampa vc vai ver que não muda nada , somente os locutores, vinhetas mais a ideologia do radio sempre vai ser a mesma com intreterimento ,piadas algumas musicas em si voltada para sua região .

  17. marcelo rodolfo on

    a programacao das lideres de audiencia no rj e mais do mesmo ,somente quem escapa um pouco da mesmice e a oifm e a paradisofm o restante e pura repeticao da listagem das gravadoras, saudades da fmfluminense,globofm, radio cidade,isso sem dizer que mundial am 1180 virou evangelica ,alem de tantas outras radios evangelicas piratas que invadem a mesma frequencia das radios oficiais

  18. Os números não mentem, mas são frios. O Rio está agonizante no FM, e esse “coma” do dial carioca já caminha pra sua 1a. década! É muito triste constatar (e engolir) que uma rádio de detritos musicais, como pagode e funk seja LIDER na Cidade Maravilhosa. Foi-se o tempo que as rádios do RJ eram modelo para o Brasil e até mesmo outros países…Tínhamos a RPC FM, Cidade, Manchete, Flu , Jovem Rio, Jovem Pan (nos tempos áureos) e quem diria, até a 98 também já foi ótima no passado. O que nos sobrou? Dessas todas, a única sobrevivente foi a JP, que desapareceu do dial carioca perdendo a disputa pra pavorosa Mix FM que tem como base de sua programação uma avalanche de hip-hops repetitivos e jabás estilo “Malhação”.

    Sei que jamais estas rádios voltarão, infelizmente (há 1 rumor de fãs da RPC querendo recolocá-la via web). Como pode a 2a cidade do Brasil NÃO oferecer quase nada de bom ao ouvinte carioca?

    Na categoria adulta, A Antena 1 não é mais a mesma maravilha que foi no passado, e a JB caducou, repetindo diariamente o mesmo repertório – de qualidade, mas sem nenhuma diversificação, pois não adianta repetir 40 clássicos do pop mundial todo dia, “para sempre”…

    O segmento jovem ao meu ver é o que mais preocupa, e isso vem desde 1998, com o trágico fim da RPC dando lugar a tenebrosa-pagodeira-funkeira FM O Dia. Depois acabaram a Nova Jovem Rio, Cidade , a Manchete virou gospel e por ai vai… Das jurássicas so restou a Transamerica, que ainda dá alguns sinais de lucidez com seus programas locais, apesar dos locutores meio mal-educados que têm como marca zombar ao vivo das mensagens dos ouvintes. Fora ela, restou a tal da Oi FM, rádio de esquisitices que procura agradar cada vez mais o MINIMO de ouvintes, pelas musicas de gosto extremamente duvidoso e estranho de sua programação. E ainda tem a Mix ,mas esta me recuso a comentar. Assistam “Malhação” pra entender.

    Pra fechar o “fabuloso” dial, temos as evangélicas e gospel e ainda a radio do “amor do Rio”. Sem comentários TAMBEM.

    Ou seja, mesmo em decadencia seria aceitavel a volta da JP ao Rio, e também a vinda da paulistana Energia FM, rádio muito bem-estruturada segmentada em musica eletrônica , Pop e flashbacks da House Music dos anos 80 e 90, ótima opção para o marasmo.

    Mas por enquanto, o outrora tão elogiado dial carioca segue na UTI…

  19. A Nacional AM do Rio e Janeiro é de chorar. Os "funcionários públicos" estão afundando-a. Sem preocupação com a história de emissora, vão lá apenas para receberem seus salários e o resto que dane. A teia de aranha ocupa quase toda programação . Recentemente tiraram um péssimo programa de forró e colocaram em seu lugar o ultrapassado e chatérrimo Adelzon. Por incrével que pareça, piorou! O cara fala pelos cotovelos e só sai bobagem

  20. a verdade que gosto não se discute.. o povo gosta de pagode por isso a FM O Dia é lider e pelo menos tem programação própria..diferente de muitas que entram em rede.
    se as fm do Rio são as melhores, para alguns sim e para outros não.. mais a verdade que as radios do rio tem os maiores indices de audiencia.. é fato
    já foi muito melhor.. tinhamos manchete, 105, cidade, imprensa
    agora tem a 107 para os funkeiros..hehehe e nada de novo
    aiai,
    mesmo assim no Rio tem boas rádios, bons locutores, que tem seu diferencial..pelo talento e pela voz..
    e cada um atinge um público
    ainda bem que não tem serteneja..
    mais mesmo assim.. ainda da pra se ouvir rádio por aqui

  21. O LEONARDO DISSE TUDO!!!!
    LEMBRO-ME QUE RÁDIO HA MAIS OU MENOS 10 ANOS ATRAS TINHA ROMANTISMO NA DOSE CERTA,PAGODE NA DOSE CERTA, MPB NA DOSE CERTA, FUNK TINHA A RADIO CERTA ( IMPRENSA FM ) E VC PODIA ESCOLHER QUAL A MELHOR PARA OUVIR
    A 98 ERA LIDER DE AUDIENCIA, A FM O DIA COMEÇANDO CARREIRA ( NÃO ENTENDO PORQUE UMA RADIO QUE SÓ TOCAVA PAGODE VIROU LIDER DE AUDIENCIA ) A JB ARREBENTAVA EM ROMANTISMO, A MANIA ERA O COVER DA FM O DIA, MAS TINHA MAIS VARIEDADE MUSICAL, E POR AI VAI…
    HOJE A FM O DIA É LIDER DE AUDIENCIA ( SO TOCANDO PAGODE E FUNK )
    A 98 ( QUE AGORA É BEAT 98 ) É UMA REPETIÇÃO QUE SÓ ( QUE PENA POIS SOU FA DESSA RADIO ) A MIX, NÃO ENTENDO PORQUE VEIO PRO RIO , A NATIVA QUE AGORA TÁ NO DIAL DA ANTENA 1 ( QUE ACABOU ) É A RADIO MAIS DOIDA QUE JA OUVI ( TEM UM PROGRAMA QUE SE CHAMA ”DE VOLTA PRO FUTURO” E TOCA SÓ MUSICA VELHA! ) A PARADISO ( QUE AGORA CHAMA-SE SULAMERICA PARADISO ) É UMA LASTIMA ( SÓ TOCA MUSICA DESCONHECIDA DO GRANDE PUBLICO ) E POR AI VAI.. JÁ NO AM, A GLOBO E A TUPI DISPUTAM QUAL SERA A RADIO QUE VAI TOMAR CONTA DE MAIS DIALS NO BRASIL E DAQUI A POUCO VAI VIRAR 100% CATOLICA, E O RESTO NEM OUÇO. ENFIM O RADIO NO BRASIL ESTA ACABANDO ( MALDITA HORA FORAM INVENTAR MP3,IPOD,IPHONE ETC..SEM CONTAR QUE NAS RADIOS FMS, NOTICIAS É ESCASSAS… NA FM O DIA SÓ DE MANHA BEM RAPIDO, NA BEAT AS NOTICIAS SÃO EM FORMA DE SPOTS, NA NATIVA DE MADRUGADA,ETC…. REALMENTE NÃO ACREDITO QUE AS RADIOS DO RIO SÃO LIDERES DE AUDIENCIA!!!

    • Desde que a antiga globo fm acabou ( final anos 90?)até hj, só tem rádios ruins…Nem a “Maldita” existe mais.
      O que sobrou? Só bosta mesmo.

  22. vamos conversar com mais inteligencia.
    não adianta ficarmos falando de 10, 20 ou 30 anos atras… tudo é questão de adaptação… o público mudou… aqui no RJ é mais musical. e o povo carioca é samba e funk.
    quando vc monta uma empresa, vc ker ganhar din din não é?.. pois bem…. as radios cariocas ganhariam dinheiro tocando musica sertaneja?
    as radios kerem é vender… usar a credibilidade e seus ouvintes para consumires produtos anuniados pelos seus clientes.
    pergunta: alguma vez vcs ouviram “CASAS BAHIA”, “PONTO FRIO”, “CASA E VÍDEO”, “SUPERMERCADOS GUANABARA” anunciarem numa…. MIX FM, CIDADE FM (extinta), TRANSAMÉRICA FM??? nunca… e seria burríce anunciar nelas, pois jovem nao compra… muito mal vai ao mercado pra comprar biscoito trakinas…. kkkkkk…
    pois bem… hoje as radios kerem saber de vender, fazer dinheiro. as gravadoras não estão mais investindo em radio por causa da pouva verba decorrente da pirataria.. e então as radios exploram seus departamentos comercias e eventos… como eles kerem fazer com q seus ouvintes comprem, apelam para o povão (jovens e adultos). FM O DIA E BEAT 98 são as mais ouvidas e as q mais ganham. isso não é história. é real… a radio CIDADE não aguentou, a JOVEM PAN tb, a PARADISO foi arrendada, NATIVA foi pra outra sintonia, GLOBO FM saiu…. isso são algumas… agora a FM O DIA esta aê a quanse 10 anos liderando e agora q a 98 FM resolveu mudar e virou “BEAT 98″ e começa a incomodar a “líder de audiencia”. o radio é fermador de opinião. mas kem ker dinheiro, tenque ir atras do povão… e aqui no rio é pagode e funk… e kem kizer escutar ROCK ou musica sertaneja, não fique chateado! tem sites destinados a esses segmentos.

    PAREM DE FICAR BATENDO BOCA e vamos falar sério. eskeçam o ontem… o ontem foi legal. mas se adaptem ao HOJE. se nao dá pra algum de vcs, procure na internet e se saciem com seus prazeres passados…. abraços a todos…

  23. o radio AM de belo horizonte esta dentre os piores brasil.apenas 8 emissoras numa regiao metropolitana de quase 5 milhoes de habitantes.somente uma emissora da grande espaço aos acontecimentos….. locais.radiodifusores nao se interessam,fecham emissoras que sao concessoes publicas.a radio minas fechada,ninguem lutou pela sua volta,a mineira,a guarani am,a onda oc,a mundo que durou pouco.existem muitas cidades do interior como londrina e umas dez capitais com AM melhor.hoje ouvir radio so pela net,emissoras tdesp,rio,cuuritiba,brasilia e porto alegre,excelente emissoras.tenham dignidade radiodifusores de BH.as emissoras sao do povo.

  24. O post do ANDERSON até tem fundamento, ele infelizmente expressa a realidade: DINHEIRO. As emissoras que restaram do dial carioca e que conseguiram se estabilizar sao as que visaram o LUCRO. Resumindo: o que era bom, NÃO TEM VEZ no RJ. Por isso dezenas de boas FMs que se aventuraram nas ondas fluminenses se foram. Mas discordo dele a partir da seguinte indagação: O ouvinte que gosta da boa música TEM que se sujeitar ao lixo sonoro do funk e do pagode?? A resposta é NÃO!!!!! NUNCA!!!!

    Sei que o RJ exala (ou melhor, fede) a pagode e funk. Mas o bom gosto musical deve mesmo abaixar a cabeça feito vaca de presépio? É por isso que a RPC FM vai voltar (mesmo que ainda somente online), pois foi a única que desde o 1o. dia de existencia JAMAIS copiou ninguém, e como fez a Rádio Cidade nos primórdios do dial, DITOU AS REGRAS e fez jus ao seu slogan – A MELHOR!

    Bem-vinda RPC, chega de porcarias nas ondas do rádio!

  25. Por favor, pessoal…o AM é endereçado as donas de casa, por razões históricas, isso vêm desde quando o palácio do governo era no palácio do Catete aqui no Rio, tudo que se relacionava a morte Getúlio, o golpe de 64, Reporter Esso era ouvido no AM devido ao alcance das ondas sonoras, daí o porque de no nordeste, centro oeste os times do Rio terem torcidas grandes…foi passando de geração a geração, daí o AM ser popular, e ter popularizado programas como o Show do Antônio Carlos, Aroldo de Andrade…José Carlos Araújo.

    AM não é lugar pra se ter opção disso ou daquilo, AM é lugar de informação, programas populares, radio novelas como Patrulha da Cidade, é voltado para um público que quer saber as promoções dos supermercados, que saber a hora certa para mandar os filhos pra escola…donas de casa, avós…noveleiras.

    Além do mais, o FM é caro e embora com qualidade sonora superior, não tem o alacance do AM, haja visto a Rádio Cidade que pegava bem na zona sul, e deixava a desejar na Baixada, alguns bairros da zona norte, e oeste nem pensar…mesmo assim, a primeira emissora a operar no FM foi a Imprensa 102.9.

    Depois da Rádio Cidade, Imprensa, Fluminense FM, Alvorada, Globo FM…não existe mais FM pra contar a história…o AM cumpre o seu papel, e não tem nada com isso se o FM se vendeu. As rádios do Rio não são nem boas, nem ruins, são pioneiras, e como tal refletem mais rapidamente as mudanças do tempo, é bom lembrar que quando essas rádios eram boas, não havia internet, telefone celular ou redes sociais como Myspace, Facebook e Orkut, oque hoje diversifica e muito o gosto de todos, fazendo com que o FM dos dias atuais soe oque as FM´s não pareciam ser na década de 80, um mero negócio.

  26. a melhor radio do brasil, chama-se sociedade da bahia am; essa eu sei q ñ perdeem nada para as emissoras do rio e de sp. é umas das emissoras am mais ouvida do nordeste.

  27. Acho que as rádios tinham que tocar mais roberto,erasmo,maria bethânia,etc…

    No RIO as radios estão com uma programação muito pobre em relação a CULTURA e

    segue esse regime ditatório de só um genero musical predominante (funk ou pago-

    de).

  28. duvido se existe rádio melhor do que a itatiaia de BH. Esporte, jornalismo, entrevistas…são os melhores locutores do Brasil.ouvir transmissão de jogos pela itatiaia é muito emocionante!!!com certeza são os melhores!!!

  29. O rádio AM como FM do Rio de Janeiro já foram muito bons nos anos 70, 80 e 90. Até a gloriosa Rádio Globo descambou para uma chatice impressionante. Atualmente o AM do Rio é muito fraco, o jornalismo – sobretudo o esportivo – é o mais amador possível, não há imparcialidade. Já no FM, reina a miséria intelectual. Sinceramente, uma rádio que só toca pagode e funk ser líder de audiencia é simplesmente vergonhoso!!! Sorte de quem tem innternet e pode “fugir” para rádios de outros estados. Os melhores dials hoje em dia são o de Pernambuco (AM/FM), Bahia e Paraíba (AM), por serem mais imparciais e, como as FMs, terem um acervo musical mais completo. Rio e São Paulo desaprenderam a fazer rádio. Infelizmente.

  30. O que é preocupante em tudo que vem acontecendo no rádio am do Brasil

    é o pernicioso espaço ocupado pelas igrejas católicas e pentecostais pa

    ra desinformar e alienar a população.

    O governo federal, por conta das alianças no Congresso Nacional,

    fecha os olhos para o crime cometido pelas congregações que não tem a

    menor preocupação com a cultura nacional.

  31. A Estado do Ceará que já teve um Rádio AM de qualidade, com

    programação diversificada e prestação de serviços hoje agoniza.

    Na Paraíba não é diferente, é pobríssima (paupérrima) a mensagem que é

    veiculada nas ondas do AM, e pra completar o FM também descamba para a

    dserrocada e hecatombe.

    Em Natal três emissoras de amplitude modulada retransmitem em rede na

    cional (Clube, CBN, Globo), o resto é missa, culto e testemunhos

    idiotas o dia todo.

  32. As redes de Rádio Nacionais ou mesmo Regionais deveriam obedecer a um

    limite de tempo, no máximo 30% da programação. Os órgão reguladores

    do Ministério das Comunicaçoes devem cobrar dos concessionários que

    produzam material local, até para gerar mercado para técnicos,

    redatores, locutores e apresentadores

    Quanto às emissoras que se encontram nas mãos de Congregações religi

    oas, estas também devem se dobrar às normas e apresentar pelo menos 70

    porcento de programação laica, inclusive tocando MPB e transmitindo

    noticiário e programação de esportes.

  33. Já falei demais, vocês perceberam que sou louco por RÁDIO.

    Mas como a questão é dinheiro,e tem a ver com verbas de pubicidade;

    esse bolo há muito tempo vem sendo mal repartido. Inclusive as estatais

    e companhias mistas derramam cachoeiras de cifras nas grandes redes de

    TV, e pro rádio nada.

  34. aqui em campo grande na zona oeste do municipio do rio de janeiro tem a pouco tempo e não sei até quando uma rádio chamada kiss fm, não é copia da kiss fm de são paulo, ela é mistura(da parte boa do que foram), da globo fm, paradiso, jb , antena 1 , ela nao é oficial toca música boa 24hrs para quem sabe do que foi estas rádios citadas ela é a mistura de todas sem” rabo preso com gravadoras”, como dizia um antigo slogan da rpc fm ela tem sido a salvação das fms

  35. Aqui em Curitiba a mais ouvida é a 98FM, seguida da Mix Fm e Jovem Pan FM, AM que comanda aqui é a Banda B e Globo AM, mas as radios aqui tem um conceito bom, tem bastante opçao..apesar que 98 é muito ruim na entendo prq é a mais ouvida..vai entender! abraço galera do Rio que eu amooo!

  36. ultima atualizaçao das mais ouvidas de Curitiba
    01 – 98fm 98.9
    02 – Caiobá FM 102.3
    03 – Mix Fm 92.9
    03 – Ouro Verde FM 105.5
    05 – Jovem Pan 2 Fm 103.9
    06 – Massa fm 97.7
    07 – Transamerica Pop FM 100.3
    08 – 91 Rock 91.3
    09 – CBN FM 90.1
    10 – Gospel FM 89.3
    11 – 91 Rock FM 91.3
    12 – Sara Brasil FM 107.5
    13 – Bandnews FM 96.3
    14 – Lúmen FM 99.5
    15 – Rede Aleluia FM 88.5
    16 – Mundo Livre FM 93.9
    17 – Transamérica Light FM 95.1
    18 – Paraná Educativa FM 97.1

  37. Quando pude comprar meu primeiro rádio(um CCEPR),em 1988,comecei meu vicio,em menos de um ano comprei um rádio maior e mais potente,não durou muito e realizei um grande sonho,comprar um rádio-gravado,nem tanto pra gravar musicas e sim,comerciais e vinhetas.Pena que na época em Campina Grande-PB, só existiam duas rádios FM’s e 3 AM’s,que não funcionavam 24 horas.
    A melhor fm ainda é a Campina FM,com uma programação bem dozada,se tem um programa politico em rede(da 101 FM de João Pessoa),tem por outro lado programas como “Classicos eternos” e “Joias da Musica fracesa”,imagine isso o interior da Paraíba!
    A Campina Fm sempre foi uma emissora com boa qualidade técnica,e muita potÊncia,de 50KW hoje tem 150KW.
    Tinha como concorrente só com a Correio FM.
    12 anos depois chegou a Panoramica FM,com uma programação jovem,e funcionando 24 horas,como o dono tinha planos de entrar na vida publica, em menos de 2 anos,mudou muito,começando pela frequencia,antes em 104,5 passou pra 97,3 e a sua potencia foi pra 50KW.E a programaçaõ foi quem teve a mudança mais drastica,possou a colocar musicas bregas,popularescas e programas assitencialistas,que fez o dono ser o segundo candidato mais votado deputado federal.
    Eram bons os dias que eu acordada nas madrugadas de domingo,enquanto esperava a Campina Fm entrar no ar,eu ouvia algumas Am´s de outros estados como a Clube de Pernambuco e Sociedade da Bahia.
    Sintonizar FM’s de outros estados era fácil,ouvi a Jovem Pan Fm e Globo FM de Salvador,Delmar FM de MAceio.
    E com bom sinal eu ouvia a Antena 1,que depois foi CIDADEFM(Recife)e depois Band FM.
    No AM local existe uma rádio catolica,mas que tem um grande espaço laico,duas emissoras Dos Diarios Associados,uma delas tinha os horarios totalmente alugados que depois foi afiliada a rede cearence Som Zoon SAT e depois arrendada a uma grande igreja evangelica,hoje é arrendada a um politico.E a outra era a tradicional,e boa, Radio Borborema,era porque mudou muito,o bom é ser 24 horas,novos studios,transmisor potente,mas o nome agora é Clube Am.
    Vejo a afiliação a uma rede como uma saida pra ter uma programação 24 horas,principalmente nas madrugadas e fins de semana.
    Quando fui morar na capital(João Pessoa),haviam 11 fm’s,mas juntando todas,não davam uma rádio média.
    Das redes só a Rede Aleluai continua,afinal a emisora é propria.
    A Transamerica foi subistituida pela Mix,a Jovem Pan virou uma emissora popularesca.

  38. Caríssimos, o tempo não volta atrás…
    Infelizmente hoje só temos rádios de jabá ou então
    de igrejas.
    Antigamente as rádios sobreviviam apenas de comercias e, alguns programas tinham o seu patrocinador. Mas de um tempo pra cá muitas mídias surgiram e tiraram um grande percentual de anunciantes do rádio, o que fez com que várias emissoras mudassem de donos e de estratégia de venda. Buscou-se por novos meios de se gerar receita para as emissoras, e um desses meios é o jabá. Hj em dia não existem mais as super gravadoras que investiam nas emissoras e enviavam apenas artitas seletos para as mesmas que rapidamente estouravam nas paradas de sucesso. Hj o camarada grava o cd da banda em casa e ele mesmo tem de divulgar. Daí as rádios cobram uma certa quantia para divulgar a música do camarada. Não existe um “filtro” para isso, apenas a classificação musical da emissora. Se o cara paga a rádio toca. Nisso, despeja em nossos ouvidos um montão de porcarias pra ver se cola.
    As rádios das igrejas não querem apenas divulgar a palavra de Deus, querem mais fiéis às missas e cultos…
    Aqui em BH Só tem duas emissoras interessantes que são a Rádio Itatiaia AM-FM e a rádio Oi FM. O resto é jabá nacional.

Leave A Reply