Saída de Bernardinho da seleção é sinal que ele pode vir candidato em 2018 - Diário do Rio de Janeiro

Saída de Bernardinho da seleção é sinal que ele pode vir candidato em 2018

0

Em Dezembro comentei que o discurso de Bernardinho em uma palestra era um sinal que ele poderia ser candidato a governador em 2018. Lembre:

no momento das perguntas, alguém fez o clássico pedido para ele vir candidato em 2018, afinal, a situação atual pediria alguém ético, com fama de durão, exatamente o caso de Bernardinho. E, diferente de 2014 e 2016, ele não recusou veemente, ao contrário, criticou os atuais políticos, falou que realmente precisa de sangue novo na política e, indiretamente, que poderia vir candidato.

E tem mais um sinal que pode ajudar a jogar luzes no que passa na cabeça de Bernardinho, é que nessa semana ele anunciou que não comandaria mais a seleção de vôlei do Brasil. É que este poderia ser um empecilho sério para uma candidatura do agora ex-técnico, afinal, teria de sair no meio do treinamento para as Olimpíadas (2 anos antes) e esse teria sido um dos motivos para não ter vindo candidato em 2014.

E com o atual cenário político nacional, um palanque tucano para presidente com Bernardinho aqui no Rio, pode ser um mega trunfo para o PSDB. Mas não estranhe se ele vier pelo NOVO, nas eleições municipais de 2016, Bernardinho apoiou Leandro Lyra, um dos 4 vereadores eleitos pelo NOVO no Brasil.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Quintino Gomes Freire
Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.

Comente