Sérgio Cabral renuncia em janeiro de 2014

Sérgio Cabral renuncia em janeiro de 2014

10
LinkedInWhatsApp

Entrevista para O Fluminense; Foto: Shana Reis; 2009O governador Sérgio Cabral (PMDB) deve renunciar mesmo. De acordo com o Painel da Folha de hoje, 22/6, Cabral avisou ontem a presidente Dilma (PT) que deixará o governo do estado no começo de janeiro.

O motivo da renúncia está bem longe de ser os protestos, é simplesmente uma jogada política, para que seu vice-governador, Luiz Fernando Pezão (PMDB), possa se tornar conhecido e competitivo para disputar a reeleição para governador em outubro de 2014. Nas pesquisas recentes Pezão está atrás de Lindbergh, Gabeira, Garotinho e Cesar Maia, praticamente empatado tecnicamente com Miro Teixeira (PDT).

A mudança não deve significar nenhuma guinada na administração, talvez alguma mudança no secretariado, já que muitos precisarão se desincompatibilizar para disputar as eleições de 2014.

Marcelo Freixo protocola Impeachment de Sérgio Cabral

Mas Sérgio Cabral vai precisar chegar até janeiro para renunciar. É que o deputado estadual Marcelo Freixo (PSol) protocolou o pedido de impeachment de Sérgio Cabral na última terça-feira. O pedido se baseia  na reportagem da revista “Veja” sobre o crescimento do  faturamento do escritório de advocacia da primeira-dama, Adriana Ancelmo, e que tem como clientes concessionárias e prestadoras de serviço que têm contrato com o governo do Estado do Rio. Não sabe? Leia aqui o post sobre o assunto.

Claro que não vai dar em nada, a ALERJ é quase totalmente formada por aliados do governador. Mas é sempre um desgaste para Sérgio Cabral.

Falando em Freixo o pessoal do Colesterol teve um bate papo com o deputado, escute:

Quintino Gomes
Defensor do Carioca Way of Life, morou em Jacarepaguá a vida toda, trabalhou na Zona Oeste, na Zona Norte, Centro e Zona Sul. O pai é português e a mãe carioca da Gema, do Bairro de Fátima
Quintino Gomes

Latest posts by Quintino Gomes (see all)

LinkedInWhatsApp

10 Comentários

  1. Wellington Lima on

    Porra cara, fala besteira não, a mania de juntar todo mundo no mesmo bolo é o que fode esse país, pra impechmar alguém é preciso uma série de documentos, claro que não é a matéria da Veja que revelou isso mas é mais uma matéria que fortalece as denúncias contra o governador, procure matérias que coloquem em cheque a vida do Freixo pra depois chamar o cara disso ou daquilo.
    ps: não sou do PSol nem de quaisquer outro partido, sou só uma cabeça pensante

  2. Pingback: Eleições 2014: Garotinho lidera isolado - Diário do Rio de Janeiro

Leave A Reply