Sergio Moro condena Cabral a 14 anos de pris√£o - Di√°rio do Rio de Janeiro

Sergio Moro condena Cabral a 14 anos de pris√£o

0

Uma excelente not√≠cia para os cariocas, o juiz¬†Sergio Moro condenou hoje o ex-governador¬†Sergio Cabral¬†(PMDB/Bangu) a¬†14 anos e 2 meses por corrup√ß√£o passiva e 12 crimes de lavagem de dinheiro. E essa √© apenas uma das dez a√ß√Ķes (at√© o momento)¬†pelas quais Cabral foi denunciado. E ainda tem gente que vota no PMDB

Além de Cabral, seu antigo assessore Wilson Carlos foi condencadoa  10 anos e 8 meses por corrupção passiva e 2 crimes de lavagem de dinheiro. Já o sócio do ex-governador, Carlos Emanuel de Carvalho Miranda foi condenado a 12 anos por corrupção passiva e 4 crimes de lavagem de dinheiro.

Moro justificou pris√Ķes¬†cautelares¬†durante a opera√ß√£o. Disse que impedem oculta√ß√£o de provas e continuidade dos crimes. Tamb√©m ‚Äúfaz-¬≠se ainda mais presente diante da not√≥ria situa√ß√£o de ru√≠na das contas p√ļblicas do Governo do Rio de Janeiro‚ÄĚ.

O juiz disse: seria ‚Äúafronta permitir que os condenados persistissem fruindo em liberdade do produto¬†milion√°rio de seus crimes‚ÄĚ. ‚ÄúUma vers√£o criminosa de governantes ricos e governados pobres‚ÄĚ.

Adriana Ancelmo inocentada, dessa ação

Entretanto a ex-primeira dama,¬†Adriana Ancelmo, foi absolvida por falta de provas. Mas que ela n√£o comemore. A advogada ainda responde por outras acusa√ß√Ķes aqui no Rio, onde seu caso √© analisado pelo juiz¬†Marcelo Bretas.¬† E que √© poss√≠vel seu escrit√≥rio de advocacia esconda atos il√≠citos.

‚Äú√Č poss√≠vel que, em rela√ß√£o √†s condutas de corrup√ß√£o e lavagem a ela imputadas nos outros processos e que envolvem, por exemplo, diretamente o escrit√≥rio de advocacia por ela dirigido, com alega√ß√Ķes de que haveria contratos fict√≠cios de presta√ß√£o de servi√ßos, seja ela culpada‚ÄĚ, disse Moro.

‚ÄúNo caso presente, com as imputa√ß√Ķes mais limitadas, n√£o h√° prova suficiente ou pelo menos prova acima de qualquer d√ļvida razo√°vel de que ela participou dos crimes de corrup√ß√£o e de lavagem que constituem objeto espec√≠fico da presente a√ß√£o penal‚ÄĚ, concluiu.

Fontes: Poder 360
Radar/Veja

Quintino Gomes Freire
Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.
Quintino Gomes Freire

Latest posts by Quintino Gomes Freire (see all)

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente