Teste Galaxy S8; o mais poderoso do mercado

O top de linha do mercado atual, o Galaxy S8 da Samsung continua levantando o sarrafo para os concorrentes. O modelo chegou no Brasil em meados de abril e trouxe a opção da versão com maior tela também, o Galaxy S8 Plus. O novo flagship sul-coreano também aposta em acessórios cada vez mais completos, cheio de sensores, adaptadores e até fone de ouvido de alta qualidade da AKG, marca essa, comprada pela própria Samsung.

O mercado premium está aquecido, pelo menos nota-se isso pela quantidade de lançamentos. O Galaxy Note 8 acabou de ser lançado nos EUA, em setembro deve ser a vez do iPhone 8 e o Google Pixel 2 deve dar as caras em outubro. O grande problema desse mercado é sempre a sua faixa de preço, ainda mais quando o modelo chega por aqui, com seus preços altos atrelados ainda ao grande imposto brasileiro.

Design

O smartphone premium da Samsung tem um design mais refinado que a série antiga, o sensor da câmera principal não salta tanto mais para fora. As laterais estão mais suaves que no Galaxy S7 Edge, que tinha bordas mais “pontudas”, o que no fim das contas quer dizer melhor grip na mão. Além disso, o novo aparelho é equipado com um leitor de íris e uma conexão USB-C, sem deixar de lado o conector de fone de ouvido de 3,5 mm.

Câmeras

O S8 não embarcou na onda das duas opções de câmeras principais na traseira. O sensor chega com 12 megapixels, com abertura de f/1.7, basicamente a mesma da linha Galaxy S7. Já a câmera frontal passou por um avanço, e agora faz fotos em 8 megapixels, em vez dos 5 da geração passada.

Quanto à qualidade da fotografia, o Galaxy S8 continua tendo uma das melhores câmeras do mercado. A principal melhoria foi na câmera frontal, que teve sua resolução elevada para 8 megapixels, o que de fato resultou em aumento de definição nas selfies. Em conjunto com a lente, que também possui abertura f/1,7, os resultados são excelentes.

Deixo aqui alguns exemplos de fotos tiradas com ele na câmera principal e os links aqui das fotos tiradas com a câmera de selfies lá nos links do Instagram – Link 1 e Link 2:

Android Nougat com TouchWiz

Na parte do software onde a Samsung coloca a sua cara no Android com o TouchWiz. As principais novidades são o DeX, que permite conectar o Galaxy S8 a um monitor, teclado e mouse para transformá-lo em desktop, e o Bixby, que é o novo assistente pessoal da Samsung para competir com Google Assistant, Siri, Cortana e outros.

O Bixby não funciona por completo aqui no Brasil. O que não funciona atualmente são os comandos de voz, que inicialmente estarão disponíveis somente em inglês e coreano. A Samsung trabalha para lançá-lo em português, mas ainda não há previsão concreta para que isso aconteça.

Não vejo muito motivo criar o assistente já que o Google Assistant roda em todos Androids e já está disponível no Brasil bem completo com português também.

Tela 

O Galaxy S8 conta com tela de 5,8 polegadas com resolução QuadHD+, ou seja, temos aqui 1.440 pixels na horizontal com 2.960 pixels na vertical, resultando em 570 pixels por polegada. Além disso, o painel conta com HDR, o que permite turbinar ainda mais o brilho com conteúdo que venha otimizado para HDR.

O aparelho permite ainda escolher três resoluções: a padrão FHD+ (1080 x 2220), HD+ (720 x 1480), além da nativa da tela. Também é possível escolher entre quatro níveis de saturação de cores.

A tela “mais alta” do que é visto em outros modelos, uma novidade que chegou primeiro por aqui no LG G6 (confira aqui o review que fizemos no LG G6), e que logo depois chega nessa série 8 da linha Galaxy da Samsung. Reza a lenda que até mesmo o iPhone 8, cujo anúncio é esperado para setembro, também tenha um display com a proporção de 18:9.

Se a tela empolga, não podemos dizer o mesmo do som.mantém o mesmo alto-falante mono das gerações anteriores. Ele é capaz de alcançar um volume alto, mas não reproduz graves de forma efetiva, entregando um som seco e sem impacto. O fone de ouvido da AKG, por outro lado, entrega um som muito mais balanceado, mas acaba distorcendo quando o volume está no máximo.

Bateria 

O Galaxy S8 infelizmente não traz a bateria no nível premium que todos esperavam. Faz tempo que eu não ficava na mão com o problema de autonomia em testes de smartphones, fica complicado contar com ele em dias bem ativos com o celular na mão ou para grande viagens longe de uma tomada. Com uso intenso com muitas redes sociais e algumas fotos, basta apenas cerca de 6 horas para essa autonomia completa se apagar.

Esse é um ponto crítico em diversas outras marcas. Mas o brasileiro sempre tem o seu jeitinho, e por aqui a venda das powerbanks ou baterias externas é um sucesso. Quem não tem a sua? Aqui em casa a minha esposa sempre fica com a minha, um modelo muito bom da Asus, que sempre recomendo para amigos (fikdik).

A salvação neste caso é que ele conta com a tecnologia de carregamento rápido, algo padrão nos modelos intermediários e topo de linha. Agora, se você não é um usuário que exige tanto do aparelho durante o dia ou costuma deixá-lo em stand-by por um bom período (no trabalho ou na faculdade, por exemplo), ele conseguirá chegar no final do dia com uns 15%.

Conclusão

Se você não troca de celular faz tempo e tem essa grana toda para gastar, pode fechar negócio sem medo, o risco aqui é mínimo. Apesar das pequenas falhas no conjunto você não achará algo mais completo no mercado brasileiro.

Pontos Positivos

  • Tela Amoled gigante com densidade absurda e cores super vivas;
  • Câmeras entregam um ótimo resultado;
  • Fone de ouvido AKG premium com boa qualidade;
  • A prova d’água;

Pontos Negativos

  • Corpo todo de vidro! Até quando deveremos envolver o celular com plástico bolha?;
  • Assistente Bixby com botão físico atrapalha;
  • Autonomia da bateria decepciona muito;
  • Alto-falante poderia ser estéreo para um produto premium;

Ficha técnica Galaxy S8 

  • Preço: R$ 3.999 (já é achado em lojas online por R$ 2.800);
  • Tela: 5,8 polegadas;
  • Resolução de tela: 2960 x 1440 pixels (Quad HD+);
  • Densidade de tela: 570 ppi;
  • Painel da tela: Super AMOLED;
  • Câmera principal: 12 megapixels, abertura de f/1.7, foco de detecção de fases, estabilização OIS, flash LED e vídeos em 4K;
  • Câmera frontal: 8 megapixels, abertura de f/1.7, foco automático;
  • Processador: Exynos 8895 octa-core (4 núcleos a 2,3 GHz e 4 núcleos a 1,7 GHz);
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento: 64 GB (52,3 GB disponíveis);
  • Suporte a cartão de memória: microSD até 256 GB;
  • Sistema nativo: Android 7.0 Nougat;
  • Capacidade dual-chip: Sim;
  • Redes: 2G GSM, 3G WCDMA, 3G TD-SCDMA, 4G LTE FDD, 4G LTE TDD;
  • Conectividade: Wi-Fi, Bluetooth 5, Wi-Fi a/b/g/n/ac, NFC, Wi-Fi Direct, USB-C 3.1;
  • Dimensões: 148,9 x 68,1 x 8 mm;
  • Peso: 155 g;
  • Bateria: 3.000 mAh;
  • Cores: preto, prata, ametista e dourado.
Deixe seu comentário

Rodrigo Bastos63 Posts

Blogueiro carioca, vulgo @bigdigo, natural do lado de lá da ponte, gamer da época de Lan Houses com CS, apaixonado por tecnologia e que também curte carros e alta velocidade.

contato: bigdigo@gmail.com

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password