Tirando o Silvio Santos da cartola.

Não, não é um texto sobre o Silvio Santos, mas sobre como o uso da criatividade contornou alguns problemas criados por ele.

Para quem não sabe, o Homem do Baú, exatamente por medo de ir pro baú,  não concede mais entrevistas e nem autoriza nenhuma publicação sobre ele. Segundo o próprio Sílvio, por causa de uma cigana em Miami que profetizou sua morte caso uma dessas duas coisas ocorressem. Então como escrever um livro sobre um ídolo que não concede mais entrevistas? Como ser independente, e ao mesmo tempo incluir pensamentos e declarações do Silvio na obra?

Se não podia contar com Silvio Santos, Fernando Morgado contou com a criatividade para executar a tarefa de escrever “Silvio Santos – A trajetória do mito“.  Afinal, ainda que procure manter distância de repórteres e entrevistas, Silvio Santos já falou publicamente sobre diversos assuntos: de empreendedorismo até homossexualidade, passando por economia, sexo, drogas e política.

Com sua experiência de professor e palestrante, e de quem já possui outros livros publicados, incluindo a biografia “Blota Jr.: a elegância no ar”, Fernando coletou praticamente todas as entrevistas concedidas por ele no passado, mais de 400 entrevistas, e categorizou as respostas em assuntos similares. O resultado foi um com levantamento inédito de mais de 360 frases ditas pelo próprio Silvio Santos ao longo de sete décadas.

Como sempre, usar a criatividade para resolver seus problemas, permite que se chegue em lugares nos quais dificilmente chegaria por meios tradicionais. É aquela velha história: “A necessidade faz o sapo pular”. Nesse caso, o uso da criatividade permitiu que a publicação trouxesse detalhes nunca antes publicados em livro, desde bastidores inéditos da gravação dos programas políticos de quando Silvio Santos foi candidato à presidente até..como sua famosa gargalhada já lhe custou o emprego em uma emissora.

É curioso é que, mesmo assim, Silvio leu e gostou da obra, fazendo questão de divulgá-la no SBT. Surpreendendo  o autor e a editora com os teasers que ele pôs no ar.

O livro mostra, em suas entrelinhas, como a criatividade oferece possibilidades de materiais diferenciados e de valor inestimado. Mostrando que usar a criatividade sempre gera resultados com valor agregado maior. Afinal, problemas existem por aí, estão em todos os lugares e aparecem quando menos esperamos, já as soluções não são tão óbvias e  precisam ser encontradas.

Deixe seu comentário

Roberto Sá Filho16 Posts

Diretor de Criação da MESA Comunicação e professor da ESPM – RJ. É graduado em Publicidade e Propaganda, Pós-Graduado em Marketing Digital e Mestrando em Gestão da Economia Criativa. É também apaixonado pelos seus filhos Théo e Sophia e pelo Rio de Janeiro.

0 Comentários

Deixar um comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password