Valorização Imobiliária Atinge Zona Norte do Rio de Janeiro - Diário do Rio de Janeiro

Valorização Imobiliária Atinge Zona Norte do Rio de Janeiro

3

Valorização Imobiliária Atinge Zona Norte do Rio de JaneiroQue a Zona Sul do Rio de Janeiro atravessa uma fase de enorme valorização imobiliária, todos sabem. Com preços que, em certos casos, atingiram um crescimento de mais de 200% em 4 anos. Para citar um exemplo, no bairro do Leblon, um metro quadrado pode custar 50 mil reais; valor superior ao que é pago em Londres, conhecida por ser uma capital de alto custo de vida.

No primeiro semestre de 2013 tal situa√ß√£o se manteve, com aumento de 10% no valor do metro quadrado ‚Äď R$ 8.186. O dado novo desse cen√°rio √© o encarecimento de im√≥veis localizados em sub√ļrbios da capital carioca, com os im√≥veis zona norte, puxando essa nova alta dos pre√ßos. Se antigamente era uma √°rea conhecida por locais abandonados, faveliza√ß√£o e criminalidade, na atualidade as construtoras t√™m se dedicado a descobrir oportunidades para investimentos.

Bairros do sub√ļrbio carioca que tiveram a maior eleva√ß√£o em seus pre√ßos foram Encantado, Iraj√°, Madureira, Pavuna e Quintino Bocai√ļva, com crescimento entre 20,6% e 32,0%.

At√© o presente momento h√° cerca de 40 constru√ß√Ķes em andamento, tanto comerciais quanto residenciais, concentradas em Tijuca, S√£o Crist√≥v√£o e M√©ier, com padr√£o entre m√©dio e alto, foco das construtoras atualmente, segundo informam os empres√°rios do ramo imobili√°rio.

Esse novo movimento tem ocorrido, porque a Zona Norte apresenta boa estrutura de transportes e proximidade ao centro da cidade. Representa, ainda, uma boa op√ß√£o √† Zona Oeste, que ainda conta com uma rede de liga√ß√£o com outras √°reas bem deficit√°ria, al√©m de um custo mais acess√≠vel ‚Äď por exemplo, na Tijuca, o metro quadrado, que √© o mais caro de toda a regi√£o, custa 30% mais barato que na Barra da Tijuca.

Já a Zona Sul, apesar de ser ainda a menina dos olhos desses empreiteiros, quase não possui áreas para construção. Quando aparece algum, a disputa é feroz, pois sabem que a venda será muito rápida.

A Zona Norte passou a chamar a aten√ß√£o de construtoras, al√©m disso, pelo fato de a sensa√ß√£o de seguran√ßa ter se ampliado, com a entrada de Unidades de Pol√≠cia Pacificadora em favelas e locais com forte sensa√ß√£o de inseguran√ßa e presen√ßa de tr√°fico de drogas ‚Äď caso de Manguinhos e Jacarezinho.

Com a aproxima√ß√£o dos grandes eventos internacionais nos pr√≥ximos anos ‚Äď alguns deles s√£o: em 2014, alguns jogos da Copa do Mundo, como a grande final; em 2015, uma nova edi√ß√£o do Rock in Rio; em 2016, os Jogos Ol√≠mpicos.

Como, já no segundo semestre deste ano tem acontecido ainda um crescimento de 10% nos valores, é um sinal de que os altos preços não irão ceder tão cedo, por causa do otimismo trazido pela visibilidade internacional, cada vez maior, que a cidade do Rio está a experimentar.

Segundo dados como o do √ćndice Nacional de Pre√ßos ao Consumidor Amplo ‚Äď IPCA ‚Äď, levantados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica ‚Äď IBGE, o mercado imobili√°rio carioca tem apresentado valoriza√ß√£o de 7% acima dos √≠ndices da infla√ß√£o.

Piscin√£o de Ramos

Curiosamente, enquanto a Zona Sul cresce, alguns bairros da Zona Sul t√™m apresentado valores de im√≥veis com uma curva de crescimento menos acentuada. Por exemplo, os 20 bairros mais caros da √°rea rica da cidade mostrou aumento de cerca de 8,4%, j√° Ramos, na Zona Norte, teve uma eleva√ß√£o, nos √ļltimos 6 meses de impressionantes 32% – R$ 3.408/m¬≤.

No panorama geral, em um ranking com os 10 bairros que sofreram as principais valoriza√ß√Ķes, dentro do mercado imobili√°rio carioca, temos 7 √°reas da Zona Norte, 2 da Zona Oeste e somente 1 bairro que est√° localizado na Zona Sul da cidade. Tudo isso leva a crer em uma expans√£o mais harmoniosa de uma cidade que durante mais de meio s√©culo esteve crescendo de modo desordenado.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Quintino Gomes Freire
Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.
Quintino Gomes Freire

Latest posts by Quintino Gomes Freire (see all)

Comente