Praia de Copacabana vista do Hotel Rio Othon Palace - Foto: Alexandre Macieira/Rio CVB

Já tentou entender os cariocas? Então se liga na lista do Cariocando no Rio:

1Cara antes de qualquer frase

Marina da Glória – Foto: Alexandre Macieira/Rio CVB

Em primeiro lugar, carioca fala “cara” antes do início de qualquer frase. Até em reunião de trabalho, o chefe inicia a fala com: “Cara, reuni vocês aqui pra….”

2Rio como filho caçula

Roda Gigante Rio Star – Boulevard Olímpico – Rio de Janeiro – Foto: Alexandre Macieira/Rio CVB

Trata a cidade como filho caçula. NINGUÉM pode falar mal dela… só ele mesmo, claro.

3O uso do chinelo

Foto: Rafael Catarcione | Riotur

Usa chinelo pra ir ao Boteco comer pastel e tomar chopp. E se o amigo tá de roupa social, é zoado! “Pooorra, cara! Tu vai pra desfile em milão? Que porra é essa, cara?” Se você é gringo ou não é carioca, só precisa aprender duas expressões para se portar como um: “Porra, cara”. Pegou o jeito?

4Atraso nos compromissos

Praia de Ipanema – Rio de Janeiro – Foto: Alexandre Macieira/Rio CVB

Atrasam compromissos. É inevitável, uma força cruel acaba fazendo com que o barzinho das 20 h subitamente se transforme no barzinho das 22:30 h. – “Foi mal ae, cara. Tava um trânsito do @#$@%#”.

5Vamo marcar

Escadaria Selarón – Jeep Tour – Foto: Alexandre Macieira/Rio CVB

Carioca se encontra e diz (de um jeito absurdamente afetuoso): “Aaaah, vamo marcar de sair? Mas vamo mesmo?” – e nunca marca nada. Não se iluda. Ele sempre vai dizer que quer fazer algo no final de semana, mas nunca vai aparecer. É o jeito carioca de ser… Libertino.. avesso a compromissos muito sérios.

6Bicho orgulhoso

Bondinho e o Pão de Açúcar visto do Morro da Urca – Foto: Alexandre Macieira/Rio CVB

Carioca tira foto da própria cidade o tempo todo. É bicho orgulhoso de suas origens.

7Orgulho de onde nasceu

Praia da Barra – Foto: Alexandre Macieira/Rio CVB

Por falar em origens, devo dizer que o carioca costuma se dividir por “zonas” e se orgulhar de pertencer a elas. “Sou Zona Norte com orgulho“. “Sou Zona Sul com orgulho“. “Sou Zona Oeste com orgulho“, e o pior tipo “Sou Tijucano com orgulho“. Não importa o credo, cor ou classe social: O carioca sempre irá se orgulhar de onde veio.

8O $urreal

Mirante no Morro do Pão de Açúcar – Foto: Alexandre Macieira/Rio CVB

Carioca sabe que no País existem duas moedas: O Real (Brasil) e o $URREAL (Rio de Janeiro).

Cidade Mais Linda

Carioca tem CERTEZA que o Rio de Janeiro é a cidade mais linda do mundo. Por isso ele é marrento. – “Ué, tenho culpa de ter nascido no paraíso?!”

9Um Povo a Parte

Praça Mauá – Rio de Janeiro – Foto: Alexandre Macieira/Rio CVB

Sei lá, cara… Carioca é um povo a parte. Nasceu com uma vocação especial pra ser feliz e fazer feliz.

17 COMENTÁRIOS

  1. Deve ser por isso que a cidade tá desse jeito. E há quem ache graça. Basta um passeio a cidades do Sul pra saber o que é educação e respeito.

  2. Sinceramente matéria sem lógica nenhuma .
    Carioca de favela até pode falar e aí cara .
    Porém carioca de outras locais de outras zonas redutos nem tudo é cara.
    Muitos falam senhor senhora e os mais atrevidos chamam de tios pessoas que nunca viram na vida.
    Fator de chegar atrasado realmente trânsito locomoção péssima.
    Ir em Caxias de trem quase 3 horas.
    De ônibus bobear 5 horas.
    Não existe transporte direto e barato para um destino.
    Tem que dar mil voltas e 99 uber no dinâmico bobear e o preço de uma passagem para São Paulo ônibus executivo.
    E fora coisas escritas sem nexo.
    Acho que o escritor tem um certo ciúme do povo carioca ou quer dar para o povo carioca igual meritriz da zona portuária.
    Carioca não precisa ser descrito estudado relatado apenas se puder deixam eles viverem a vida deles e procure o melhor a se fazer cara.

    • Geralmente quem fala cara é o povinho condomínio zona sul. A gíria da moçada das comunidades passa longe desse linguajar, até as comunidades onde tem os “playzinhos” e as “pat”.
      Concordo ser atrevimento chamar de tios e tias pessoas que não se tem intimidade, alias acho de péssimo gosto também até as crianças chamar seus professores de tia.
      Acho que chegar atrasado em compromisso é falta de respeito. Não sei se o exemplo que deu do município de Caxias foi aleatório, mas os cidadãos que nasceram e/ou residem fora da cidade do Rio de Janeiro, não são carioca. A matéria fala especificamente a carioca, ou seja do município do Rio. Penso que esse estereótipo do carioca cantado em verso e prosa, é algo muito regionalizado, assim com a cidade ser maravilhosa. Ela é linda, maravilhosa e exuberante, somente nas orlas das zonas sul e oeste e a Floresta da Tijuca, o restante da cidade é uma lástima, uma tragédia.

      • Realmente são ruins. Exceto as famosas americanas, com bom serviço e produto de qualidade. Infelizmente as pizzarias de bairros são muito ruins como os lanches em geral. E maionese e ketchup é um crime, mas como gosto não se discute. É o mesmo que fazem com o açaí, o que vendem nas ruas da cidade leva muito açúcar e ainda enchem de porcaria, retirando todo o valor nutritivo que tem o alimento. Para tomar açaí só no Pará, comer boa pizza é em Sampa, e bom churrasco é no sul do país.

      • carioca é um povo feliz! ta cagando e andando pro que pensam , por isso é muito bom ser carioca , vc tem razao, ketchup e maionese fundamental na nossa pizza rsrsrs

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui