18 coisas que apenas os moradores de Jacarepaguá vão entender

Ser morador de Jacarepaguá é uma beleza, a não ser que você tenha de ir para algum outro bairro. Longe de tudo, até da Barra!!!

Santuário da Igreja de Nossa Senhora da Penna (Freguesia/Jacarepaguá) Foto: Rafael Pereira/Diário do Rio

Ser morador de Jacarepaguá é uma beleza, a não ser que você tenha de ir para algum outro bairro. Longe de tudo, até da Barra!!! Por isso separamos 18 coisas que apenas os moradores de Jacarepaguá vão entender!

1. Acordar 4 horas antes de chegar ao trabalho


Se você trabalha no Centro pela manhã tem de sair de casa às 6 horas e chegar às 7h ou sair às 6h15 e chegar às 11h

2. Ser o primeiro a chegar na festa ou o último a chegar

Foto de Ylanite Koppens no Pexels

Se a festa for na Zona Sul pode estar certo de que ou chega tão antes que o anfitrião nem tomou banho, ou tão atrasado que já tem gente indo embora.

3. Você passa mais tempo na Linha Amarela, Geremário Dantas ou na Serra do que em casa

Pedágio da Linha Amarela – Foto: Reprodução/Internet

Aquele trechinho para entrar na Linha Amarela na Freguesia já te fez pensar em ter um apartamento na 28 de Setembro.

4. Já se acostumou com o amigo da Tijuca ou de Ipanema dizendo que Jacarepaguá é longe


Dizem que seria melhor na casa deles, mesmo a distância sendo a mesma.

5. Para quem é fora do Rio sempre tem de explicar que é perto da Barra

Mesmo que você more na Praça Seca que é perto de Madureira

6. Não tem ideia de quantos bairros tem em Jacarepaguá

Afinal, Portugal Pequena é Taquara? Vargem Grande é Jacarepaguá? E Valqueire, é Zona Oeste, Norte ou Jacarepaguá?

7. Você sabe que Rio 2 é Curicica e não Barra

Que o Autódromo era de Jacarepaguá, como é o Aeroporto, o RioCentro, a Cidade do Rock…

8. Provavelmente conhece melhor o BarraShopping que o Center Shopping

E ainda tem o Quality Shopping e o Rio Shopping, mas você realmente vai neles? E você sabia que o Rio Shopping mudou de nome? O Quality ainda existe? E quem vai no Park Jacarepagua?

9. Já foi na Festa Junina do Retiro dos Artistas

E reclamou que está lotada e que não toca música de festa junina!

10. Estudou ou conhece alguém que estudou no Brigadeiro, Pentágono ou Padre Butinhá

E olha que o Pentágono é no Valqueire! E certamente é o amigo mais cabeçudo que você tem!

11. Pegar a Geremário Dantas na hora do rush é motivo de choro

E a Três Rios não é lá muito melhor. Na verdade, já tentou sair ou entrar na Freguesia? É impraticável, se passar a dica para Ucrânia é de ganhar a guerra contra a Rússia em 2 dias.

12. Sabe que a Taquara só demolindo tudo e construindo de novo

Não há outra forma para resolver o trânsito de lá!!! Por alguma razão todas as ações feitas lá só conseguem piorar o trânsito. Deve ser alguma maldição jogada no Barão da Taquara, só pode.

13. Conhece alguém que rodou na Serra


E você se não rodou já quase rodou, ou pegou um táxi e um Uber que rodou. Quase subiu a Igreja da Nossa Senhora da Penna para agradecer, mas se todos fizessem ia ficar mais parado que o trânsito da Freguesia.

14. Para você a Igreja da Nossa Senhora da Penna que devia ser uma das Sete Maravilhas do Mundo

É uma das mais antigas do Rio, a 170 metros de altura, circundada pelos maciços da Tijuca, da Gávea e pelas serranas de Guaratiba; vê o oceano ao longe e a mais variada paisagem de Jacarepaguá

15. O Motel Mirante é o último do chique

E você ainda SABE que lá funciona um cassino! Na verdade era para funcionar, é o que dizem….

16. Lembra da letra de que “Jacarepaguá é longe pra Caramba”

Só se for de carro, só se for da Barra, senão…

17. Poucas coisas dão tão medo quanto o Caxias-Freguesia

Sai da frente que lá vem o Caxias, o Diabo Verde!

18. Mas não mudaria do Pantâno de Jacarés de forma alguma!!!

JAcarepaguá por Filipe Santarelli

É o melhor bairro do Rio. Ou seria os melhores bairros do Rio?

Advertisement

20 COMENTÁRIOS

  1. Conteúdo fraco, forçando um cenário q não procede.
    Texto amador, assim como a linha editorial.
    Não sou nada barrista acredite se quiser sou jornalista coerente com compromisso de relatar fatos não tendenciar fatos fatos.
    Moro na Barra já morei na Freguesia e fui muito feliz, voltaria a morar lá sem problemas.

  2. Tem um erro grosseiro na matéria. Em 1980 foi definido por decreto o limite dos bairros da região. No que hoje é a Abelardo Bueno, marcou o limite entre Barra e Jacarepaguá. Logo, o autódromo e o aeroporto passaram a fazer parte do bairro da Barra, incluído o que hoje são as antigas instalações do Parque Olímpico. Do outro lado da Abelardo Bueno, incluindo o Centro Metropoliano, Shopping Metropolitano, Hotel Hilton, o Rio 2 e todos os demais condomínios que fazem face com a Abelardo, é JACAREPAGUÁ e não Curicica ou Barra. Parte do Cidade Jardim está em CURICICA, que, aliás, é outro bairro. Na verdade Jacarepaguá hoje é um pedaço de bairro que pega parte entre as Vargens, Barra, Curicica, Taquara, Cidade de Deus, Itanhangá. É uma espécie de letra “U”. Os demais bairros como Tanque, Pechincha, Praça Seca etc são BAIRROS AUTONOMOS. Seria como chamar a Barra ou São Conrado de Jacarepaguá, o que realmente era até os anos 60. Ou chamar Lagoa de Gavea. Se formos considerar região, toda a BAIXADA DE JACAREPAGUÁ é uma região, que vai até o Recreio e a Barra; o limite seria entre o Tanque e a Praça Seca, já no limite da região do VALE DO MARANGA.

  3. Eu resisti muito. Muito mesmo. De 2004 a 2019 (15 anos!!) fiz o trajeto Taquara-Centro por todos os meios que eu pude pra reduzir o martírio rsrs… Fui de ônibus pela Linha Amarela, ônibus pela Serra, dois ônibus, ônibus + metrô, BRT + metrô de Vicente de Carvalho, BRT + metrô da Barra, BRT + trem de Madureira, carro, carro + metrô, van, van + metrô… Pensa numa estratégia: eu tentei! Infelizmente, o tempo passou, a idade pesou, o cansaço me abateu e me mudei para o Centro do Rio… É verdade que ganhei tempo de vida, faço academia, vou a pé pro trabalho. Mas… a verdade é que se tivesse um metrô (ou trem, ou bus, ou nave espacial, qualquer coisa…) que me deixasse na Taquara com algum grau mínimo de conforto em um tempo minimamente razoável, eu mudava hoje mesmo de volta pro bairro onde cresci, onde mora minha família, muitos amigos e onde eu me sinto sempre em casa. Uma tristeza vivermos em uma cidade tão grande e tão rica e não termos um transporte público que me permita andar 30 km em menos de 2 horas.

  4. Oi….Boa tarde, redação!
    Poderia falar um pouco da minha linda e bucólica Ilha do Governador e seus encantos…Mas não esquecendo de citar, q é o 3° ou 4° bairro mais seguro do RJ, segundo pesquisas…
    Mas gosto muito de Jacarepaguá…minha família mora toda por aí…Até q circulo bem nessa área …herança dos meus tempos de adolescência q morava em Madureira e estudava no Arte e Instrução na década de 60, meus amigos moravam em JCP…daí , eu saber até hoje rodar tudinho por aí…Abraços à todos.

  5. Morei em Jacarepaguá, no Pechincha, de 1992 a 2004, mas não deixei de vez, já que a mãe permaneceu residindo, então eu estava sempre lá, para fazer-lhe companhia.
    No período em que morei trabalhava em Duque Caxias e rodei por anos no Caxias-Freguesia, mas pelo menos sempre no sentido contrário ao rush, mas lá pra 2003 (eu acho) adotaram os ônibus com ar-condicionado, com trajeto Av Brasil/Linha Amarela, o que reduziu um pouco o tempo de viagem.
    Vi muitas mudanças no bairro, boas e ruins, mas sinto muita saudade, tenho sim lembranças muito boas.

  6. MATÉRIA INÚTIL, FALTOU DIZER QUE É UM LUGAR RUIM DE SE MORAR, PELO CONTRÁRIO UM LUGAR MARAVILHOSO EM RELAÇÃO HA MUITOS BAIRROS DO RIO.

    QUE PENA ACHEI QUE FOSSEM SÉRIOS COM SUAS POSTAGENS OU REPORTAGENS

  7. Só faltou o detalhe de ñ ter ônibus preço popular com AR CONDICIONADO. Se quiser ir pro Centro, tem que pagar 16 reais no frescão.
    Realmente é um martírio pra quem trabalha. Pensei em comprar um kitinet na zona sul. E sou com raiva do crescimento da população/trânsito. Quero ir embora e ñ depender de carro.

      • Já morei por muitos anos em Jpa e digo que não me arrependo de forma alguma.
        Dizer que é o bairro mais violento do Rio é atestar sua ignorância.
        Procure se informar melhor antes de divulgar informações infundadas.
        Atualmente, o bairro apresenta problemas de logísticas que poderiam ser resolvidos apenas pela força de vontade de nossos governantes(prefeituras) nas bases de um projeto urbanístico decente.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui