Se não está tendo debate para presidente, para governador do Rio não faltam, nessa última semana de campanha serão 3, incluindo o que é considerado o mais importante, o da Globo, na 5ª feira, 25 de outubro. E nessa 2ª, às 10h30 da manhã, já tem o debate do G1 e CBN, com mediação da jornalista Bianca Santos e transmitido simultaneamente nos 2 veículos, com duração de 65 minutos. A hashtag será #cbng1

O diferencial do debate é que metade do tempo será administrada pelos próprios candidatos, em um bloco de perguntas entre eles. Cada candidato terá 15 minutos para falar, e o cronômetro é parado ao final de cada pergunta ou resposta. É um incentivo para o candidato falar apenas o necessário, o que torna o debate mais dinâmico.



Os candidatos também responderão a dez questões, duas delas enviadas por ouvintes e leitores, e outras formuladas pelos jornalistas Gabriel Barreira e Edimilson Ávila, do G1/Globo, e Berenice Seara e Frederico Goulart, da CBN.

O debate terá cinco blocos:

1- Perguntas feitas pelos jornalistas, com tema livre: serão duas perguntas para cada candidato, com 1’30” para resposta, 1’ de réplica e 30” de tréplica.

2- Perguntas do público: será uma pergunta para cada candidato, com 1’30” para resposta, 1’ de réplica e 30” de tréplica.

3- Perguntas entre os candidatos: cada um terá, no total, 15 minutos para falar, sendo esse tempo contabilizado tanto para fazer perguntas como para responder. O mediador controlará a dinâmica, não permitindo interrupções. Um candidato deve passar a palavra ao outro candidato ao terminar de falar. Duas duplas formadas por representantes da CBN/G1 medirão o tempo de cada candidato. O tempo máximo para cada participação será de três minutos (até somar 15 minutos)

4- Perguntas feitas pelos jornalistas, com tema livre: serão duas perguntas para cada candidato, com 1’30” para resposta, 1’ de réplica e 30” de tréplica.

5- Considerações finais: 1’ para cada um.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui