FILMAMBIENTE

Trazendo pela quarta vez sessões 0800 de filmes incríveis sobre consciência ambiental, o Filmambiente é um evento imperdível para todos aqueles que buscam ter mais qualidade de vida e sustentabilidade nas suas cidades.

No ano passado, só para citar um exemplo, o documentário suíço ‘Vida Engarrafada: o Negócio da Nestlé’ mostrou como a marca compra áreas de rios pelo mundo e leva uma água padronizada até para países com sede da África. Alguns olham isso com reprovação, já que a comunidade local perde seus recursos naturais.

Este ano o evento exibirá 62 obras cinematográficas selecionados entre produções recentes apresentadas em festivais como os de Cannes e Berlim, e entre os mais de 400 inscritos. A abertura oficial ocorre nesta quinta-feira (4), 21h, no Itaú Cinema da Praia de Botafogo.

Até o dia 10 de setembro, diversos espaços estarão sediando o Filmambiente. Os outros locais de exibição são o Instituto Moreira Salles, o Museu do Meio Ambiente, Oi Futuro Ipanema e as Naves do Conhecimento em diversos bairros. Confira aqui no Diário do Rio a resenha das obras. Por enquanto, separamos 5 filmes para te ajudar a participar da mostra:

VIRUNGA (GBR | 90 min)

Virunga

O tema central desta edição, Porque o Futuro Chegou, está expresso em filmes que contam a história de pessoas que lutam para criar um futuro bom para o planeta. É o caso de Virunga, produção dirigida por Orlando von Einsiedel, que abre o festival às 21h do dia 4, no Espaço Itaú de Cinema, em Botafogo.

O documentário conta a história de uma equipe de guardas florestais que protege o Parque Nacional de Virunga, no Congo, África, um dos lugares mais ricos em biodiversidade no mundo, que abriga os últimos gorilas da montanha. Além de defender o parque – patrimônio mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) -, a equipe enfrenta as ameaças de um grupo rebelde do país africano.

BOM DIA, TARANTO (ITA |85 min)

BuongiornoTaranto

Uma viagem tensa e apaixonada por uma região onde nuvens de fumaça da fábrica ILVA envenenam o ar, a terra e a água. ILVA é a maior fábrica de aço da Europa, construída nos arredores dos subúrbios de Taranto há cinquenta anos. Uma rádio nômade e intermitente acompanha os humores e os sonhos de seus habitantes, como num cine-digital, marcando o ritmo do filme, documentando acontecimentos surreais, barulhos alienantes, fumaça irrespirável e revelando a beleza da região.

Será reproduzido nos dias:

– 08 , 19h30, no Espaço Itaú de Cinema

– 10, 20h30, no OI Futuro Ipanema

A SÍNDROME DE VENEZA (ALE | AUS | ITA – 79 min)

VeniceSyndrome

Veneza é puro romance; aquela cidade com a qual todos sonham e querem conhecer. Mas, a cidade mais bela do mundo está se tornando inabitável. O filme mostra o que sobrou da vida veneziana: uma subcultura de serviços turísticos, um porto para navios gigantescos, e venezianos que se mudam para o continente para fugir dos preços absurdos das moradias. Um réquiem para uma cidade ainda bela, uma reflexão pelos últimos venezianos, seu humor e seu espírito.

Será passado nos dias:

– 06, 21h, no Espaço Itaú de Cinema

– 10, 18h30, no OI Futuro Ipanema

A ORIGEM DO SLOW FOOD (ITA | 74 min)

SlowFoodStory

O filme é um conto sobre um grupo de amigos do interior. A história de uma revolução lenta; que vem acontecendo ao longo de 25 anos e ainda não mostra sinais de parar. Seu líder é Carlo Petrini, mais conhecido como “Carlin”. Ele é o homem que inventou o conceito de Slow Food e o evento de cultura culinária Terra Madre. Sem nunca sair de sua terra natal, Bra, uma pequena cidade de 27 mil habitantes, ele criou um movimento que agora se estende por 150 países e transformou a gastronomia para sempre.

Será passado no dia:

– 05, às 19h30, no Espaço Itaú de Cinema

NAQUELA ÉPOCA E HOJE (BRA | 80 min)

NEH

O filme, estrelado por Marcio Atala, mostra que em plena era da informação, apesar de surgirem a cada dia novidades e evoluções tecnológicas nos mais diferentes aspectos, a saúde das pessoas é preocupante. O quanto da qualidade de vida tem sido levado em conta nas metrópoles brasileiras nas últimas décadas?

Será passado nos dias:

– 05, às 19h, na Nave de Conhecimento Penha

– 06, às 19h, na Nave de Conhecimento Irajá

– 08, às 21h, no Espaço Itaú de Cinema

Confira a programação completa no site http://www.filmambiente.com/.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui