Chile passa por momento muito turbulento, devido à onda de protestos políticos; Santiago, capital do país, está programada para receber a final da Libertadores 2019 no próximo dia 23/11 - Foto: Reprodução/Internet

Após os rumores de que a Conmebol poderia alterar a final da Copa Libertadores 2019, isto é, retornando ao formato anterior, de 2 jogos (ida e volta), devido à crise que se passa atualmente no Chile, informações do ”Blog do Lauro Jardim”, do ”O Globo”, dão conta de que a finalíssima será mesmo em Santiago.

A capital chinela recebe a final da Libertadores no próximo dia 23/11. Flamengo e River Plate-ARG disputam o título da principal competição sul-americana, em jogo único.

Nesta quarta-feira (30/10), Cecília Perez, ministra dos esportes do Chile, falou, em entrevista coletiva, que o país gostaria de continuar sediando a partida. Entretanto, a decisão de mudar ou não o local é exclusivamente da Conmebol.

A possibilidade do confronto Flamengo x River Plate sair do Chile ganhou força após o presidente do país, Sebástian Piñera, cancelar, por motivos de segurança, 2 eventos internacionais que aconteceriam em solo chileno em novembro e dezembro. Um deles, inclusive, o encontro da cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec), seria realizado uma semana antes da final da Libertadores.

Gabriel Skinner, supervisor de futebol do Flamengo, esteve em Santiago, na última segunda-feira (28/10), para visitas técnicas junto a membros da Conmebol. Eles observaram o Estádio Nacional, centros de treinamento e hotéis, e atestaram que tudo está correto em relação à logística da Libertadores.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui