Fotos: Phillipe Lima

Perguntar não ofende
Os governadores João Doria, Eduardo Leite e Flávio Dino não param de falar sobre a vacina. No meio disso, o prefeito Eduardo Paes. Há quem diga que daqui a pouco Paes será governador por osmose. E Cláudio Castro?

O pesadelo de Castro
Por falar no governador, anda-se dizendo por aí que Roberto Jefferson (PTB) quer lançar candidato próprio ao governo, ainda mais alinhado com Bolsonaro. Esse é o pior pesadelo para Cláudio Castro, que pode ver sua base conservadora se fragmentar e sequer ir para o segundo turno.

Vergonha?
Wilson Witzel, para pagar as contas, depois que deixou de ser governador, decidiu virar coach de concurseiro. Até aí, tudo bem. Mas a questão é: em suas palestras, omite que foi governador do Rio de Janeiro. Estaria com vergonha de explicar a razão de sua saída?

Preparem o ringue
Quem minimamente entende de política, sabe que Eduardo Paes montou seu secretariado querendo criar um grupo genuinamente seu. Pois bem, a fatura chegou. Dentre seus secretários-candidatos há uma guerra fratricida para mostrar quem manda mais, quem entrega mais, quem tem mais bençãos… tudo pelo voto.

Se olhasse para a História
Isso já aconteceu nos governos de Cesar Maia, com o próprio Eduardo e outros.

Mais com menos
O secretário de Proteção e Defesa Animal do Rio, Vinicius Cordeiro, tem feito muito mais com menos. Com corte no orçamento, já conseguiu ter mais castrações de animais do que em alguns anos na gestão de Crivella.

Lembrando que…
Uma das subsecretárias era ligada diretamente ao ex-prefeito e, hoje, responde por irregularidades. Depois veio um subsecretário que responde por assédio sexual, ligado ao vereador Luiz Carlos Ramos… Um espanto.

Vice que agrega votos
Marcelo Queiroz, atual secretário estadual de Agricultura, pode ser o vice agregador de votos. Jovem, sem inimigos e muito querido pelos políticos, ainda levaria o tempo e o apoio do PP. Sem contar que na agricultura pega voto da direita, e na defesa dos animais de parte da esquerda. Merece a disputa a tapas.

Outro agregador
Vinicius Farah, Secretário de Desenvolvimento Econômico, é outro bom vice entre os secretários. É do MDB, foi prefeito de Três Rios, e está em uma pasta que será o assunto de 2022. Vinicius também foi o vencedor das edições de 2012 e de 2014 do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, tanto no âmbito estadual quanto no federal, na categoria Melhor Projeto.

Prefeito que quer ser vice
Mas tem prefeito querendo ser vice de Claudio Castro, é o caso de Rogério Lisboa de Nova Iguaçu, André Português, de Miguel Pereira e Vinicius Claussen, de Teresópolis. Mas deixar de ser prefeito para ser vice???? Vice não manda em nada…

Só se…
For um vice já imaginando o mesmo destino que Castro teve. Será?

E um bolsonarista?
Ou quem sabe Castro escolha um bolsonarista raiz para ser seu vice e tentar cortar o efeito que Roberto Jefferson quer causar? Hélio Negão seria a aposta mais segura.

Parabéns
Para não dizer que só critico, o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho, merece parabéns. Além de ter passado por todos os tsunamis que atingiram o governo do Estado, tem feito um trabalho de excelência em defesa do direito do consumidor fluminense. Um dos exemplos são os vários mutirões para diminuir a carga de dívidas das famílias do Rio de Janeiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui