Frio no Rio de Janeiro
Reprodução Internet

Que o carioca basta o tempo estar nublado para sair de bota, casaco e luva, todo mundo já sabe. Se der 25 graus, temperatura de fondue, 20º a gente já se pergunta porque não temos uma lareira. A situação é tão complicada, que desde 2007 rola uma piada sobre a sensação térmica dos cariocas e outros brasileiros e aposto que você já conhece:

30º C ou mais

  • Baianos vão a praia, dançam, cantam e comem acarajé.
  • Cariocas vão a praia e jogam futevolei.
  • Mineiros comem um “queijin” na sombra.
  • Todos os paulistas vão para Praia Grande e enfrentam 2 horas de fila nas padarias e supermercados da região.
  • Gaúchos esgotam os estoques de protetor solar e isotônicos da cidade.

25ºC

  • Baianos não deixam os filhos saírem ao vento após as 17 horas.
  • Cariocas vão à praia mas não entram na água.
  • Mineiros comem um feijão tropeiro.
  • Paulistas fazem churrasco nas suas casas do litoral, poucos ainda entram na água.
  • Gaúchos reclamam do calor e não fazem esforço devido esgotamento físico.

20ºC

  • Baianos mudam os chuveiros para a posição “Inverno” e ligam o ar quente das casas e veículos.
  • Cariocas vestem um moletom.
  • Mineiros bebem pinga perto do fogão a lenha.
  • Paulistas decidem deixar o litoral, começa o trânsito de volta para casa.
  • Gaúchos tomam sol no parque.

15ºC

  • Baianos tremem incontrolavelmente de frio.
  • Cariocas se reúnem para comer fondue de queijo.
  • Mineiros continuam bebendo pinga perto do fogão a lenha.
  • Paulistas ainda estão presos nos congestionamentos na volta do litoral.
  • Gaúchos dirigem com os vidros abaixados.

10ºC

  • Decretado estado de calamidade na Bahia.
  • Cariocas usam sobretudo, cuecas de lã, luvas e toucas.
  • Mineiros continuam bebendo pinga e colocam mais lenha no fogão.
  • Paulistas vão a pizzarias e shopping centers com a família.
  • Gaúchos botam uma camisa de manga comprida.

5ºC

  • Bahia entra no Armagedon.
  • Cesar Maia lança a candidatura do Rio para as olimpíadas de inverno.
  • Mineiros continuam bebendo pinga e quentão ao lado do fogão a lenha.
  • Paulistas lotam hospitais e clínicas devido doenças causadas pela inversão térmica.
  • Gaúchos fecham as janelas de casa.

0ºC

  • Não existe mais vida na Bahia. Nem animal, nem vegetal, nem mineral.
  • No Rio, Cesar Maia veste 7 casacos e lança o “Snowboard in Rio”.
  • Mineiros entram em coma alcoólico ao lado do fogão a lenha.
  • Paulistas não saem de casa e dão altos índices de audiência a Gilberto Barros, Gugu Liberato, Luciana Gimenes e Silvio Santos.
  • Gaúchos aproveitam o frio e praguejam por que só neva em São Joaquim.

2 COMENTÁRIOS

  1. Estranhei muito a inversão. Talvez um subversivo carioca tenha escrito essa brincadeira tão elogiosa aos bahianos… Um grande elogio aos bahianos. Não foi feliz, infelizmente – ou seja, como carioca que sou, não curti.

  2. Troca o descrito di Bahia pelo do Rio de Janeiro e a análise fica correta. Carioca não sobrevive a menos de 35 graus, morre congelado ou de alergia, resfriado ou infecção.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui