Imagem meramente ilustrativa - Foto: Reprodução

Como de praxe em dia de grandes eventos no Rio de Janeiro, a Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) realizou uma operação especial no último domingo (29/11), que marcou o 2º turno das Eleições 2020. Ao todo, foram removidas 35,4 toneladas das imediações das seções eleitorais da cidade, 67,03% a menos do que o coletado no pleito de 2016, que somou 107,5 toneladas no 2º turno. No 1º turno deste ano, realizado em 15/11, o total coletado foi de 90,1 toneladas, contra 126,9 em 2016.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

As ação teve início no domingo a partir das 17h, logo após o encerramento da votação, e contou com 1.568 garis, com apoio de 264 veículos, entre viaturas para varrição mecanizada, lavagem hidráulica e caminhões de coleta e destinação dos resíduos. Os serviços incluíram varrição e remoção de todo material de propaganda eleitoral, lavagem e remoção. A manutenção de rotina no município seguiu sendo realizada normalmente.

Em outra ponta, a Comlurb auxiliou o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), com quem assinou um termo de cooperação para ajudar no transporte e colocação das urnas eletrônicas nas Zonas Eleitorais de toda a cidade. Foram 1.016 garis e mais 70 encarregados e supervisores da Companhia que iniciaram o serviço no sábado, véspera do pleito, e finalizaram no domingo, com o recolhimento dos equipamentos depois de encerrada a votação.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui