Foto: Ivan Oliver

A ONG ACE Projects promeverá o Ace Community Battle, uma batalha de Breaking, na Rocinha, nos dias 21 e 22 de novembro. Com objetivo de levar cultura e informação para dentro da favela, o projeto pretende apoiar professores locais e mostrar caminhos longe do tráfico e da violência para crianças.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Fundada pelos estrangueiros Dylan e George, a ONG atua nas favelas do Vidigal, Rocinha, Alemão, Mandela e Pavãozinho. O projeto fornece oficinas de de dança, aulas de futebol, tênis, teatro, entre outras. Em cada local existe um lider comunitário, que guia os jovens para as práticas.

Dylan, um dos fundadores da ACE Projects explica a importância do evento: “Nosso maior objetivo é mostrar o caminho para as crianças, mudando o foco do tráfico e, assim, diminuindo a violência. Elas podem chegar longe, queremos inspirá-las, mostrar mais a cultura e virar referência principalmente no hip hop”.

No dia 21//11 o evento será realizado na Quadra da Roupa Suja e terá oficinas para crianças, um fórum sobre a importância do Hip Hop no desenvolvimento comunitário, Workshop ministrado pelo Bboy Leony (Amazon Crew), Seven2Smoke (estilo de batalha onde bboys e bgirls alinham-se por ordem de chegada e os dois primeiros da linha competem numa roda cada), além da primeira etapa da batalha dos Bboys e das Bgirls (1×1). Já no segundo dia, 22/11, os participantes deverão se dirigir para Anfiteatro da Rocinha, onde terá apresentação de artistas locais que abrirão a grande batalha fnbreaking.

O time de jurados conta com nomes de peso no Breaking como Leony, Itsa (vencedora do Red Bull BC ONE 2019) e Aranha (para 1×1) e Pelezinho (para Seven2Smoke). Haverá premiação em dinheiro. O vencedor ganhará R$1.000 reais em dinheiro na modalidade Breaking 1×1 e R$300 reais, também em dinheiro, para Seven2Smoke.

O evento acontecerá presencialmente, com capacidade reduzida. Todos os protocolos de segurança determinados pela OMS (álcool em gel, medição de temperatura na entrada e distanciamento social) serão atendidos.

Mais informações podem ser obtidas na contas do Instagram do evento. A ordem das atividades será a seguinte:

Cronograma dia 21/11

  • 10h a 12h: Workshops aberto para crianças/jovens 12h a 13:30h: Inscrições / credenciamento
  • 13:30h: Inscrições fechadas
  • 13:30h a 14h: Fórum sobre importância do Hip Hop no desenvolvimento comunitário 14h a 16h: Início Filtro Batalha de Breaking 1×1
  • 16h a 17h: Workshop feito pelo Leonny (Bboy) 17h a 19h: Seletivas e início da SEVEN2SMOKE 19:00 a 20:00 Cyphers
  • 20h: Encerramento

Cronograma 22/11

  • 12:40h – 13:20h: Chegada dos competidores
  • 13:30h – 14:30: Abertura pela cantora de Trap e bailarina
  • 14:30h – 1510h: Sorteio e início das batalhas
  • 15:10h – 15:40h: Apresentação Ace Projects
  • 15:40h – 16:10h: Quartas de finais 1×1
  • 16:10h – 16:45h: Apresentações pelo projeto de roda de rima (RAP) da comunidade
  • 16:45h – 17:15h: Semifinal 1×1 17:15 – 18:00h: Sorteios 18:00h – 18:30h: Final 1×1
  • 18:30h – 20:00h: Chyphers (roda livre para dançar)
Vanessa Costa
Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

2 COMENTÁRIOS

  1. Olha… afirmar que o “objetivo de levar cultura e informação para dentro da favela” como se já não houvesse isso nesses espaços, é cruel, heim?!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui