Alfredo Sirkis - Foto: Pedro França/Agência Senado

Morreu, no início da tarde desta sexta-feira (10/07), em um acidente de trânsito próximo ao Arco Metropolitano, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, o ambientalista, escritor, jornalista e político Alfredo Sirkis, aos 69 anos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele dirigia um Volkswagen Polo, em direção à Via Dutra, e estava sozinho no carro.

Carro que Sirkis dirigia ficou destruído – Foto: Reprodução/Internet

Na altura do km 74 da rodovia, acabou saindo da pista, colidiu com um poste e capotou. Informações de pessoas ligadas à família dão conta de que Sirkis estava a caminho de um sítio próximo a Vassouras, no Centro-Sul do estado do RJ. Lá, ele encontraria sua mãe e seu filho.

Foto: Reprodução/Internet

Nascido no Rio de Janeiro em 08 de dezembro de 1950, Alfredo Hélio Sirkis foi, juntamente com Fernando Gabeira, Lizst Vieira e alguns outros ambientalistas, um dos fundadores do Partido Verde (PV) no Brasil e um dos pioneiros em relação à militância ambiental no país.

Na política, sua última atuação foi como deputado federal, mas também já foi vereador da cidade do Rio de Janeiro, secretário municipal de Urbanismo e de Meio Ambiente e presidente do Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos (IPP).



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui