Foto: Divulgação

O Governo do Estado e a SuperVia assinaram, nesta sexta-feira (19/02), o acordo que garantiu um reajuste menor na nova tarifa de trem. Com a inclusão do termo aditivo ao contrato de concessão do sistema ferroviário, o valor da nova tarifa será de R$ 5 a partir da próxima terça-feira (23/02). Antes do acordo, a passagem passaria dos atuais R$ 4,70 para R$ 5,90.

O objetivo das negociações era definir um reajuste tarifário mais condizente com o atual cenário socioeconômico, fortemente atingido pela pandemia do novo coronavírus, diminuindo o impacto para o usuário.

De acordo com o reajuste previsto anualmente no contrato e homologado pela Agetransp em dezembro, a passagem custaria R$ 5,90 a partir de 2 de fevereiro. Após diversas tratativas, o aumento foi adiado por 20 dias.

2 COMENTÁRIOS

  1. A passagem do trem aumentou, e as aglomerações nos vagões dos ramais: Santa Cruz e Japeri continuam, a falta de fiscalização e higiene para tentar combater a pandemia não acontece na SUPERVIA. Já fiz contato várias vezes com o disk aglomerações da Prefeitura e não obtive resposta. Então, o que pensar desses acordos para aumentar as passagens, e não melhorar as condições do transporte público?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui