Interior do RIOgaleão - Foto: Reprodução/Internet

Neste mês de julho, o Aeroporto Internacional Tom Jobim (RIOgaleão), localizado na Ilha do Governador, na Zona Norte da capital fluminense, irá ampliar suas atividades em comparação a junho – respeitando, é claro, as medidas de combate à disseminação do Coronavírus.

A Gol Linhas Aéreas, por exemplo, deve aumentar em 167% a quantidade de voos em relação ao mês passado. Com isso e a retomada do aeroporto como um todo, em relação às outras companhias, estima-se que o RIOgaleão tenha cerca de 185 mil passageiros circulando pelo local em julho, enquanto que, em junho, foram somente 57 mil.

Esta ampliação de voos representa a retomada da operação do RIOgaleão no cenário pós-pandemia do Coronavírus, com a adoção de novos protocolos para garantir a segurança de passageiros e da comunidade aeroportuária. O número de destinos domésticos operados pelo aeroporto passará de 12, em junho, para 18, este mês. Para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, este reforço da malha doméstica representa uma grande oportunidade não apenas para retomar voos internacionais quando as fronteiras forem reabertas, mas para conquistar novas rotas fora do Brasil.

”Como a principal porta de entrada de visitantes do Rio de Janeiro e importante terminal logístico para cargas de alto valor agregado, o RIOgaleão está pronto para desempenhar papel relevante na retomada da economia do Rio de Janeiro”, disse Alexandre Monteiro, presidente da Concessionária RIOgaleão.

Neste momento de desafios para o setor aéreo mundial, a Concessionária RIOgaleão colocou em prática um programa de incentivos às empresas aéreas no Aeroporto Internacional Tom Jobim, com o objetivo de viabilizar os melhores custos para essas companhias, lutando pela continuidade de suas operações. A retomada das atividades do aeroporto é importante não apenas para o próprio RIOgaleão, mas também para a cidade e o estado do Rio de Janeiro, já que o equipamento contribui com parte significativa da economia e com a geração e manutenção de mais de 170 mil empregos da cadeia que fomenta, sem contar o valor socioeconômico do transporte de cargas aéreas.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui