Maestro Marlos Nobre e Maestro Isaac Karabtchevsky
Maestro Marlos Nobre e Maestro Isaac Karabtchevsky

Antonio Meneses estréia obra de Marlos Nobre sob a batuta de Isaac Karabtchevsky no Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Um dos concertos mais esperados da temporada de 2019 é o que acontece na próxima sexta-feira, dia 20,às 20h. No palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, estarão 3 celebridades da música brasileira. Será a estréia no Rio de Janeiro do Concerto para Violoncelo e Orquestra Op.127 do compositor Marlos Nobre, escrita especialmente para o violoncelista Antônio Meneses com regência do maestro Isaac Karabychevsky.

A obra foi uma encomenda de um pool formado por orquestras brasileiras idealizado pela Orquestra Sinfônica do estado de São Paulo-OSESP, que levou ao delírio a Sala São Paulo em três apresentações, depois repetindo o êxito com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Agora chegou a vez do Rio de Janeiro conhecer a nova obra.

Antonio Meneses é um dos maiores violoncelistas do mundo, Marlos Nobre é um dos mais importantes compositores contemporâneos da atualidade,também no mundo e Isaac Karabtchevsky um dos maiores regentes brasileiros conhecidos no mundo. Três grandes nomes, três brasileiros que brilham no exterior, um verdadeiro trio em um concerto de ouro.

Também no programa Música para Cordas de C. Santoro, “Sinfonietta seconda”Carnevale” de Ernani Aguiar, Ponteio e Dança de Ronaldo Miranda e Choros nº6 de H.Villa Lobos.

Informações: 2332-9191
Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praça Floriano S/N – Cinelândia

FUNARTE – DULCINA HALL

O presidente da Fundação Nacional de Artes – Funarte, Miguel Proença idealizou uma nova série de concertos de música clássica no Rio de Janeiro com o objetivo de sempre renovar e ampliar a platéia de música erudita na cidade. Essa 5ª, 19/9, às 20h, é o concerto de estréia da série no Teatro Dulcina, um espaço da Funarte, que é uma jóia na Cinelândia.

Em uma única apresentação, a convidada é a Orquestra Johann Sebastian Rio fundada por Felipe Prazeres, seu diretor artístico, pela produtora Vanessa Rocha e os violistas Eduardo Pereira e Ivan Zandonade. O nome do grupo faz referência tanto ao grande mestre da música Johann Sebastian Bach quanto a São Sebastião e ao Rio de Janeiro, cidade que inspira a orquestra em seu formato arrojado e inovador.

No programa a abertura da ópera “A Olimpíada e o Concerto Grosso Opus 3, Nº 11” de Vivaldi, além de “Serenata para Cordas em Dó Maior OP 48” de Tchaikovsky. O Teatro Dulcina fica do lado da Câmara de Vereadores, próximo ao VLT e ao Metrô Cinelândia.

Informações: 2240-4879
Ingressos populares
Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro

DANG THAI SON

O grande pianista vietnamita, nascido em Hanoi, Dang Thai Son é a atração desta 5ª, 19/9, na Sala Cecília Meireles, às 20h. O músico estudou no Conservatório Tchaikovsky em Moscou e levou sua arte pelo mundo, aplaudido em mais de 60 países.

Dono de um belíssimo timbre sonoro, uma sensibilidade musical além de um domínio da mais perfeita técnica, o pianista recebeu em 2016, no Canadá, o Prêmio OPUS (equivalente ao Grammy) na categoria “concerto do ano”, por seu recital na Fondation Arte Musica. Também foi agraciado em 2018, pelo Ministério da Cultura da Polonia, com a Gold Medal “Zasluzony Kulturze Gloria Artis”, por sua contribuição para a música polonesa. No programa do recital, obras de C.Debussy, F.Chopin e I.Paderewski.

Informações: 2332-9223
Rua da Lapa. 47 – Lapa

CARMINA BURANA

O Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro apresentará a obra mais conhecida de Carl Orff, em forma de concerto, com 2 pianos e seis percussionistas com regência de Jésus Figueiredo. Dia 21/9, sábado, às 20h na Sala Cecília Meireles.

O nome Carmina Burana tem seu significado, em latim, como canções de Benediktbeuern, nome de um município da Baviera.os manuscritos eram constituídos de 254 poemas e textos dramáticos, todos dos séculos XI e XII. Carl Orff musicou 24 poemas e formou, assim, um enredo de sua mais importante obra.

No elenco a soprano Michele Menezes, o tenor Jacques Rocha, o barítono Ciro d’Araujo e os pianistas Priscila Bonfim e Silas Barbosa.

Informações: 2332-9191
Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Praça Floriano S/N – Cinelândia

BRASIL-ALEMANHA

O Festival Internacional Brasil-Alemanha é uma parceria da Escola Superior de Música de Karlsruhe, a Escola de Música da UFRJ, o Instituto Villa-Lobos e o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico – o Deutscher Akademischer Austauschdienst – DAAD. Mais um concerto será realizado no dia 22/9, às 11h, na Sala Cecília Meireles.

No palco um grande conjunto de trompas formado por professores convidados para o evento. No programa páginas de G.Salvagni, P.Hindemith, P.I.Tchaikovsky e R.Strauss.

Informações: 2332-9223
Rua da Lapa. 47 – Lapa

RÁDIO MEC – FESTIVAL

A Rádio MEC realiza no dia 25, às 20h, na Sala Cecília Meireles, o concerto dos vencedores do Festival de Música Rádio MEC 2019. São 16 composições que disputam as premiações nas categorias de Música Clássica, Música Instrumental, Música Infantil e Música Popular Brasileira, quatro músicas em cada categoria.

A Rádio MEC é uma instituição de alta expressividade, a mais antiga rádio de música clássica do país, uma rádio da cidadania, com perfil cultural, educacional e social.

Informações: 2332-9223
Rua da Lapa. 47 – Lapa

MÚSICA NO MUSEU

Dia 24, às 18h
Madrigal do Leme
Regência Anton Steuxner
Museu do Exército-Forte de Copacabana
Praça Coronel Eugenio Franco,1 – Posto 6 – Copacabana

Dia 25, às 12h30
Felipe Naim, piano
Centro Cultural Banco do Brasil
Rua 1º de março, 66 – 4º andar – Sala 26 – Centro

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui