Foto: Diego Baravelli

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) doará R$ 18 milhões do próprio orçamento para custear pesquisas contra covid-19 realizadas pela Universidade Federal Fluminense (UFF). A medida foi proposta no projeto de lei 4.909/21 aprovado em discussão única pela Alerj, nesta terça-feira (05/10). O projeto de autoria original do presidente da Casa, André Ceciliano (PT) e do deputado Waldeck Carneiro (PT) será encaminhado ao governador Cláudio Castro (PL), que tem até 15 dias para sancioná-lo ou vetá-lo.

Essa medida é para que a Universidade possa inaugurar o biotério central que vai, inclusive, ser uma base de pesquisas experimentais para todas as instituições do Rio que desenvolvem estudos nas áreas de imunologia, sorologia e virologia”, comentou o deputado Waldeck Carneiro (PT), que preside a Comissão de Ciência e Tecnologia da Casa. “Considero que mais esse gesto vá consolidando a Alerj como uma das principais interlocutoras das instituições que produzem ciência, conhecimento e tecnologia no nosso estado”, comentou.

O texto prevê que a UFF deverá encaminhar à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro uma prestação de contas da aplicação da verba mencionada.

2 COMENTÁRIOS

  1. Uma palhaçada isso!!!
    A UFF é uma universidade federal.

    O Estado do RJ já recebe irrisório repasse da União Federal que não chaga a 1/5 do que arrecada o Governo Federal com COFINS, IPI, IR, IOF e outros impostos no RJ.

    Se era importante o investimento, por que, então, a bancada de Deputados Federais e, especialmente, de Senadores – cuja função é a defesa dos interesses do estado, logo, trazer investimentos – não se mexeram???

    Ó povinho que vota mal esse do Rio…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui