Fachada do Instituto Biomédico da UFF, em Niterói
Fachada do Instituto Biomédico da UFF, em Niterói - Foto: Reprodução/Internet

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) destinará à Universidade Federal Fluminense (UFF) cerca de R$ 18 milhões para serem utilizados em estudos que possam chegar à descoberta de novos medicamentos e vacinas.

O anúncio sobre a doação foi feito nesta terça-feira (16/09) pelo presidente da Casa, deputado André Ceciliano (PT). As pesquisas serão comandadas pelo Departamento de Microbiologia e Parasitologia (MIP) do Instituto Biomédico (CMB) da UFF, localizado em São Domingos, bairro de Niterói, cidade sede da instituição.

Por lá, são ministradas aulas dos cursos de graduação em Biomedicina, Ciências Biológicas, Enfermagem, Farmácia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia e Engenharia Ambiental da universidade.

Vale ressaltar que a verba sairá de um fundo financeiro proveniente da Alerj. Esta mesma reserva, em 2020, destinou R$ 20 milhões à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para um projeto de combate à Covid-19 nas favelas e outros R$ 20 milhões à revitalização da fachada e do telhado do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, que foi destruído por um incêndio em 2017.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui