alerj

Quem não acompanha a política do Rio de Janeiro não deve nem saber que temos deputados estaduais, é que lá só tem aliados do governador Sérgio Cabral, salvo pouquíssimas exceções. E o maior exemplo disso é que apesar ter sido apresentado um pedido de impeachment de Sérgio Cabral em 31 de julho até hoje, 14 de outubro, o presidente da ALERJ, Paulo Melo (PMDB), ainda não se manifestou se aceita ou não o pedido.

O pedido de impeachment foi feito por Geraldo Pudim (PR) por crime de responsabilidade, devido ao uso abusivo dos helicópteros. Como Paulo Melo não se manifestava Pudim impetrou um mandado de segurança devido a morosidade do processo de análise do pedido do impeachment.

Pois o Desembargador Nagib Slaibi Filho proferiu decisão dando a Paulo Melo 10 dias para a apresentação de parecer. O prazo se encerra no próximo dia 20 de outubro. Caso não apresente o parecer até a data Paulo Melo será multado em R$ 50 mil por dia.

E mesmo que o pedido de impeachment seja analisado e até que fosse levado para votação, você acha que passaria? Mesmo com toda a sua impopularidade o PMDB de Cabral conseguiu aumentar sua bancada de deputados de 11 para 20 nas últimas semanas, você acha realmente que eles estão pensando no povo carioca?

 

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui