A eleição de 2022 começa a se movimentar, além do nome de Marcelo Freixo (PSol) ir ganhando força como candidato a governador, além do atual governador Claudio Castro (PSC), os nomes para o Senado começam a aparecer. Já tinha o atual prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB), e o de Romário (PL) que deve tentar a reeleição.

Agora surge o nome do deputado federal Alessandro Molon (PSB/RJ), que faria parte de uma grande frente ampla antibolsonarista, com direito a Eduardo Paes, Rodrigo Maia e, claro, Freixo. Líder da oposição, Molon já foi candidato duas vezes a prefeito do Rio, mas seria um excelente nome para o Senado, especialmente no lugar de Romário e que pouco fez para defender os interesses do Estado em Brasília nestes quase 8 anos.

Ao que tudo indica, 2022 será uma eleição com poucos nomes na Urna, o que pode ser positivo e permite um melhor debate, ao contrário do que aconteceu para prefeito em 2020, que eram tantos candidatos que impossibilitou até os debates.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui