O aperfeiçoamento é essencial para quem trabalha defendendo a sociedade, por isso, o Deputado Alexandre Freitas (sem partido) decidiu lançar um curso em conjunto com os instrutores Cláudio Andrade e Luiz Charneski. Os cursos têm o objetivo de aprimorar técnicas para os agentes de segurança pública. Serão 70 vagas destinadas a membros da PMERJ, PCERJ, Polícia Penal-RJ, Polícia Federal (RJ), Polícia Rodoviária Federal (RJ) e Guardas Municipais das cidades fluminenses.

Alexandre Freitas (sem partido) faz visitas regulares aos Batalhões da PM e às delegacias da Polícia Civil para ouvir as demandas da segurança. Como atirador e defensor da liberação do porte de arma, se aprofundou no tema e em conversa com os instrutores decidiu montar os treinamentos. 

Cláudio Andrade fundou sua própria marca, a “Andrade Combat”, já conhecida no meio tático e militar. O instrutor também é ex-fuzileiro naval e atualmente está lotado na CORE/PCERJ. Já Luiz Charneski, ex-lutador de MMA, é consultor de retenção e contrarretenção de armas. Ele é  um especialista renomado e já instruiu agentes de segurança pública em todos os estados do país.

Segundo Freitas, a ideia é aperfeiçoar as habilidades dos selecionados: “O Rio de Janeiro possui agentes de Segurança Pública que são forjados a ferro e fogo. Isso se deve à histórica violência  que contamina nosso estado. Oferecer treinamento com instrutores de excelência, como o Andrade e o Charnesky, pode ser fator determinante para garantir que nossos agentes consigam voltar para suas casas.” 

Os treinamentos acontecerão no Comando de Operações Especiais – COE da PMERJ, em Ramos, e serão divididos em duas instruções:

  • 06/10, das 08h às 13h – Workshop de Pistola de Combate e Combate Velado, instruído pelo Andrade;
  • 13/10, das 08h às 13h – Curso de Retenção e Contrarretenção, instruído pelo Charneski.

Os selecionados deverão comparecer uniformizados ao COE às 7h30 da manhã em ambos os dias e doar 2 kg de alimentos não perecíveis.

As inscrições estão abertas no link bit.ly/InstrucaoCompletaRJ

Atualização: “Devido à grande procura, o número de vagas para os cursos, que inicialmente seria 70, foi ampliado para 100 mas já foram preenchidas“.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui