Opinião

Alexandre Knoploch: Eleições transparentes ou insanas?

Compartilhar

O primeiro turno das eleições foi concluído com sucesso no Brasil. O presidente do TSE, Alexandre de Moraes, declarou estar “profundamente satisfeito” com o andar do pleito. Do ponto de vista operacional, a afirmação é verdadeira. Mas, se analisarmos sob a ótica da ética e da transparência, constataremos que estamos a anos-luz da excelência.

Todos devem escolher seus candidatos com convicção e é natural e legítimo que a eleição presidencial exerça influência nas escolhas de todos os outros postulantes a cargos políticos, inclusive de deputados. A onda passou de novo e quem estava no partido certo se beneficiou, mas quero alertar todos a respeito do lado sombrio nestas eleições.

Muito se falou de uma Justiça Eleitoral atuante, mas o que vimos em 2 de outubro foi muita desordem e verdadeiras aberrações — a despeito do “clima de normalidade” divulgado pelo presidente do TSE.

Boca de urna e compra de votos à revelia, filas de horas que davam espaço a intervenções e à manipulação de tendências na na escolha de candidatos — ao mesmo tempo em que resultados da apuração começaram a ser divulgados quando milhares ainda não haviam votado. No futebol, não se revelam resultados de partidas a quem ainda está em campo quando podem influenciar o jogo em ato. Por que durante o pleito eleitoral, algo definitivamente importante e decisivo em nossas vidas, a regra não valeu?

Além disso, vimos casos de eleitores filmando o voto e partidos usando o fundo partidário para enriquecer gestores. Somente no estado do Rio de Janeiro, 20 pessoas foram presas em função de crimes eleitorais e até dinheiro usado para literalmente comprar o direito do cidadão foi apreendido. Mas quem pagou a cervejinha com o dinheiro que conseguiu vendendo o próprio voto deve saber que a cerveja acabou, mas a sujeira levará quatro anos para sair das mãos.

Isso é só o que sabemos, os casos identificados pelas autoridades. O que mais não vimos acontecer? O transporte irregular, por exemplo, configura-se como uma “ajuda” interessada em muitos rincões.

Enfim, valeu de tudo! Só não valeu o trabalho de quem quis jogar dentro das regras, e qual vai ser o resultado disso? O mesmo de sempre. Parlamentares sem compromisso com o povo, manipulando o acesso a serviços públicos em benefício próprio.

O exercício dos nossos direitos políticos não acontece somente no dia da eleição, conforme alertei várias vezes. O papel de cobrar dos nossos representantes ações em nome do povo e o uso correto de milhões de reais do fundo partidário continua e culmina no dia do pleito. Prossigamos em nossa luta por eleições limpas a fim de que, na próxima votação, a transparência predomine de fato.

Alexandre Knoploch

Ver comentários

  • Infelizmente vivemos num país que tá difícil, cada eleição aumenta a expectativa de mudanças no cenário político do Brasil.
    Porém muitos eleitores,não acreditam ser possível mudar a história do país e insistem na ideia de que a corrupção é inerente à política brasileira.
    Porém se desistirmos de exercer nosso papel pela democracia, estaremos entregando nossa dignidade, política é algo sério, perdemos candidatos que podem melhorar nosso cenário, vc é um deles , e tenho certeza que sua vontade de mudar a realidade política jamais acabará. Que vc encontre força junto a sua família e amigos, para dar continuidade ao que vc acredita e faz seus eleitores acreditarem , os resultados mostram que uma campanha limpa,suada,é totalmente comprometida com o povo , ainda não é suficiente para acabar com a insensatez de venda de votos, e perecer mais quatro anos em mãos que tratam o povo com total descaso.
    Vc é um orgulho pra nós , e não desistiremos ! Vc não desistirá , continue lutando pelo que acredita , temos muito a lutar , conquistar e comemorar , estarei a disposição para seguir nessa caminhada junto a tantas pessoas que conhecem o mandato incansável e produtivo que vc segue como 1• suplente , mas que talvez em outro partido , pudesse ser mais uma cadeira, isso importa sim! Mas não muda o legado que vc construiu e conquistou , isso é seu, nosso , e seguiremos confiantes de que o estado perde, quando vc perde , e o mal jamais vencerá o bem! As vzs uma pausa , faz a gente tomar fôlego! Se a maioria tivesse a sua bravura , espiritualidade , inocência e benevolência , certamente teríamos um cenário diferente,porém Deus tem planos que desconhecemos, mas sua luta está somente começando e nós que caminhamos com vc , temos certeza meu amigo que nem todas as batalhas vão ser de vitória , mas vc já é vitorioso por se manter firme em seus propósitos e não desistir de contribuir e dar o seu melhor pelo povo como fez nesses últimos 4 anos e não só em campanha como estamos cansados de ver! Siga , vc tem muito a fazer e tem muita gente que seguirá fiel nas tuas batalhas ! Deus abençoe vc , sua família e a sua caminhada a diante ! Abraço fraterno .