Foto: Reprodução

O funcionamento de escolas e faculdades está autorizado no Rio de Janeiro, mas alguns protocolos para prevenir a contaminação por Covid-19 devem ser seguidos, como que as salas de aula tenham condições de ventilação e o distanciamento social. Porém, para os alunos do Centro Universitário São José, a volta às aulas não está sendo dessa forma.

Alunos da instituição, referência no ensino de odontologia, denunciaram que os protocolos sanitários contra a Covid não estão sendo respeitados. Segundo eles, as salas de aula estão lotadas e faltam itens básicos de higiene.

As aulas presenciais do curso retornaram no início deste mês. Segundo os alunos, as salas chegam a comportar até 60 pessoas, o que impossibilita a adoção de critérios de distanciamento social e aumentam os riscos de contaminação pelo coronavírus. 

As aulas estão lotadas e a faculdade não faz nenhum esforço para mudar essa realidade”, disse o aluno Lucas Melo.

Os estudantes que procuraram a reportagem enviaram fotos e vídeos de diversas disciplinas, realizadas na última semana. Confira:

Sala de aula lotada no Centro Universitário São José
Vídeo mostra falta de itens básicos de higiene

Para a aluna Cleide dos Reis, de 45 anos, as decisões são arbitrárias e mostram descaso: “A faculdade te abraça para a matrícula, mas agora que precisamos de apoio não temos. Vão colocar mais de 40 pessoas dentro de uma sala para fazer provas, porque não podemos continuar fazendo as avaliações no sistema remoto”.

O DIÁRIO DO RIO tentou contato com o Centro Universitário São José por e-mail e pelo formulário de contato disponível no site, mas até o momento desta publicação não obteve retorno. Tão logo haja alguma resposta, a matéria será atualizada.

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui