Foto: Jornal da Barra

A Associação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (Amperj) manifesta absoluto repúdio às infelizes declarações com pesadas críticas ao Ministério Público e ao Poder Judiciário estadual proferidas pelo prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella, em relação à interdição do tráfego de veículos na Avenida Niemeyer, Zona Sul da cidade.

A Amperj apoia incondicionalmente o trabalho da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Ordem Urbanística da Capital que ingressou com medida cautelar, em caráter de urgência, que culminou com a decisão para a interdição do tráfego na referida via.

A Amperj destaca, ainda, a atuação dos Promotores de Justiça, que se difere da administração municipal ao priorizar a garantia da segurança e da integridade física da população que vive no Vidigal e de todos que circulam diariamente pela Avenida Niemeyer.

Peritos seguem avaliando a Avenida Niemeyer. O prefeito Marcelo Crivella prevê a reabertura da via ainda nesta quinta-feira, 30/05. Desde a última terça, 28/05, a via está fechada.

1 COMENTÁRIO

  1. O Prefeito de excedeu um pouco mas nada do que disse não é mentira.
    Quem fiscaliza a atuação do Judiciário e do MP e garante que estejam sempre atuando no interesse público?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui