Carnaval Rio 2019 - Unidos da Ponte - Marcos Ferraz | Riotur

A Sapucaí teve as primeiras apresentações do Carnaval 2019 nesta sexta, quando as 7 escolas iniciais da Série A, conhecida como Grupo de Acesso, passaram pelo Sambódromo.

A forte chuva que caiu no Rio na noite de ontem acertou em cheio a Marquês de Sapucaí, alagando a pista, gerando prejuízo nas alegorias e fantasias das escolas e atrasando o início dos desfiles em meia hora.

A Unidos da Ponte abriu os desfiles com garra mas muito prejudicada pela chuva. A escola de São João de Meriti, que subiu da Série B e falou sobre as oferendas religiosas, infelizmente é candidata a retornar à Intendente Magalhães por um desfile afetado pela água e muito humilde nas alegorias, adereços e fantasias.

Carnaval Rio 2019 – Alegria da Zona Sul – Marcos Ferraz | Riotur

A Alegria da Zona Sul falou sobre a umbanda, mais uma vez tratando de religiosidade e de origens africanas assim como o desfile anterior. A escola fez uma apresentação melhor que a Unidos da Ponte, mas também foi afetada pela forte chuva. Fantasias e adereços sofreram com a água.

Carnaval Rio 2019 – Acadêmicos da Rocinha – Richard Santos | Riotur

A Acadêmicos da Rocinha trouxe para a Sapucaí uma crítica ao racismo com o enredo: “Uma banana para o preconceito”. Alguns carros da escola tiveram dificuldade de manobra para entrar na Avenida. A agremiação fez um desfile crítico e deve ocupar posições intermediárias.

Carnaval Rio 2019 – Acadêmicos de Santa Cruz – Richard Santos | Riotur

A Acadêmicos de Santa Cruz emocionou com uma homenagem a Ruth de Souza, atriz negra que marcou as artes cênicas, sendo a primeira a se apresentar no Theatro Municipal e a protagonizar novela. Na cadeira de rodas, ela desfilou no abre-alas aos 97 anos. A agremiação da Zona Oeste teve problemas na manobra de todos os seus carros alegóricos. Muito pesados e com muitos componentes em cima, além do peso da água da chuva. Até integrantes de outras escolas ajudaram a empurrar. Isso prejudicou o andamento do desfile.

01.03.2019 – Carnaval Rio 2019 – Sambódromo – Unidos de Padre Miguel – Série A – Marcos Ferraz | Riotur

A Unidos de Padre Miguel falou sobre o grande dramaturgo Dias Gomes e suas principais obras, como “O Bem Amado” e “Roque Santeiro”. A UPM, como é conhecida, teve um excelente desfile na parte plástica. Após fazer grandes desfiles nos últimos anos, a escola novamente passou muito bem pela Sapucaí. Suas chances de título existem, mas a escola correu no final e será penalizada por estourar o tempo em 3 minutos. Dependerá do nível das escolas de sábado e se haverá chuva ou não no segundo dia.

Carnaval Rio 2019 – Inocentes de Belford Roxo – Richard Santos| Riotur

A Inocentes de Belford Roxo falou sobre o cangaço e a cultura nordestina. A escola da Baixada esteve no Grupo Especial em 2013 e fez um bom desfile. As alegorias de Belford Roxo vieram com alguns problemas, talvez decorrentes da chuva na concentração, mas foi um desfile de bom nível que garante a escola na Série A no próximo ano.

Carnaval Rio 2019 – Acadêmicos do Sossego – Richard Santos | Riotur

A Acadêmicos do Sossego encerrou o primeiro dia de desfiles da Série A e falou sobre as diferentes religiões, criticando a intolerância. Componentes passaram com mordaças, representando as dificuldades de professar sua fé. A escola de Niterói fez um desfile interessante e com emoção, além de ter enfrentado menos chuva, mas a quebra de um carro alegórico durante o desfile deve impedir a disputa dos primeiros lugares.

Neste sábado desfilam Unidos de Bangu, Renascer de Jacarepaguá, Estácio de Sá, Porto da Pedra, Império da Tijuca e Acadêmicos do Cubango.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui