59 anos se passaram e uma das maiores tragédias da história mundial ainda ressoa viva
na mente de muitos, sobretudo daqueles que foram testemunhas oculares desse
dilacerante marco, e até porque, a justiça continua tardando para aliviar a dor de tantos
sobreviventes.

Trata-se do incêndio do Gran Circus Norte-Americano, em Niterói (RJ), que deixou em
seu rastro cerca de 500 mortos e 120 mutilados, no dia 17 de dezembro de 1961.

Uma dessas vítimas, Maria José de Oliveira Pedroza, que na época do ocorrido, tinha
apenas 11 anos, teve 90% do seu corpo queimado e desde então, ela busca na justiça,
sendo, inclusive amparada pela Organização das Nações Unidas (ONU), os direitos que
lhes são legítimos, porém negligenciados pelo estado há 50 anos.

“Ainda hoje eu revivo aquele horrível momento, a multidão correndo em uma só
direção e caindo uns sobre os outros que eram pisoteados na fuga da última cena. E eu
também estava lá! Mas sobrevivi para contar a minha história de superação. E nem
poderia esquecer esse dia que transformou a minha vida, meu viver e minha aparência.
Vidas em Chamas, conta com detalhes todo o meu sofrimento, mas também fala de
como dei a volta por cima e conquistei tudo que diziam que eu jamais conseguiria.”
relata Zezé Pedroza.

Na pandemia, ela teve que interromper seu projeto de realizar palestras em escolas,
igrejas, com o objetivo de demonstrar valores como força de vontade, fé e que a beleza
é algo muito maior que a aparência, mas quanto puder, pretende retornar pois sabe que
essa dinâmica colabora com as reflexões para um mundo melhor, mais humano, mais
gentil e saudável.
Quem quiser conhecer esse trabalho e todas as obras literárias de Zezé Pedroza, basta
entrar em contato com ela pelo Instagram e Facebook.

A trajetória de Zezé Pedroza tem notoriamente sua dor física e emocional como
grandes pilares, mas o que deve ser realmente enaltecido é que o milagre da vida deve
sempre ser honrado, buscando a cada dia superar todos os obstáculos que nos são
impostos, com muita fé e brilho no olhar.

VIAAndréa Nakane
Andréa Nakane é carioca, apaixonada pela Cidade Maravilhosa, relações públicas, professora universitária, Doutora em Comunicação Social e Mestre em Hospitalidade.Embaixadora do RJ. Vive há 20 anos em Sampa e adora interagir com pessoas singulares que possam gerar memórias afetivas construtivas.

2 COMENTÁRIOS

  1. fazemos desbloqueio dos canais premiere, telecine, hbo combate canais adultos e conmebol tv para assinantes de tv por assinatura de todo brasil e tambem reduzimos o valor da fatura
    só paga depois que o servico for feito
    watsap 11.96742.5209

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui