Andréa Nakane: Gentileza ao Volante Gera Maior Segurança para Todos

Colunista do DIÁRIO DO RIO fala sobre Fabio Rodrigues da Silva, um instrutor de trânsito, que ajuda as pessoas a terem mais segurança no ato de dirigir

Fabio Rodrigues da Silva, 46 anos é instrutor de trânsito, credenciado pelo Detran, há 23 anos, e ganha sua vida ajudando as pessoas, não somente a conseguir obter sua carteira de habilitação, mas sim propiciando a elas maior segurança no ato de dirigir, eliminando traumas e receios que impossibilitem a atividade em si.

Segundo Fábio Rodrigues, o trânsito é um espelho da sociedade atual, com características de muita agressividade, oriundas de um comportamento individualista, sem tolerâncias, sobretudo no Rio de Janeiro, que assusta, justamente pela impaciência dos motoristas e em sua gestão viária desordenada.

Tal cenário acompanha justamente uma triste estatística nacional: o Brasil está na quarta posição entre os países com mais mortes em acidentes de trânsito no mundo, de acordo com estudo de 2019 da Organização Mundial da Saúde (OMS), ficando atrás apenas da China, Índia e Nigéria.

Dados do  Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) indicam que no país, uma pessoa morre a cada 15 minutos por causa de acidentes de trânsito. A cada 2 minutos um ser humano sofre sequelas por causa de ferimentos.

Esse panorama assusta não só aqueles que já tem experiência no trânsito, mas também aos que estão iniciando sua relação com o volante.

Eu trabalho bastante no controle de embreagem, manobras, curvas fechadas, já que o Rio é uma cidade de curvas sinuosas e o que mais assusta os alunos é deixar o carro morrer… pois vão começar a buzinar, deixando-os nervosos e dificultando, assim, a retomada de seu guiamento”, informa Fábio Rodrigues.

Por isso mesmo, Fábio Rodrigues, elaborou uma metodologia, que une técnica e base, em treinamentos de dois encontros contínuos de 50 minutos, no qual os preceitos elementares são revisados e ganham maior atenção. Isso por si só já diminui o medo de muitos habilitados, gerando uma atitude mais positiva, que lhe garanta maior autonomia e independência para dirigir.

Fábio Rodrigues atende em todo perímetro da cidade do Rio de Janeiro e faz questão de dar algumas dicas para um trânsito mais saudável, como planejar com antecedência a saída com o carro, para evitar correrias e estresses, usar os aplicativos de navegação para encontrar locais de menores congestionamentos e principalmente, manter a calma, tanto para os iniciantes, quanto os mais experientes. A música de Ivan Lins e Vitor Martins já prega: Desesperar Jamais! e isso dever ser lema para todos.

Quem tiver interesse em conhecer o trabalho do Fábio Rodrigues é só seguir o perfil no instagram @diretrizaulashabilitados

Nos primeiros meses do isolamento social, que aconteceu em função da pandemia de Covid-19, a redução na circulação dos veículos impactou positivamente o número de acidentes e vítimas do trânsito em todo o País. Só no Rio de Janeiro, a queda foi de 39%, segundo o Detran RJ.

Mas com o ritmo da cidade recuperando-se, essa queda pode rapidamente subir novamente e para isso nada como ter sempre pontuado que a responsabilidade no trânsito é para todos, motoristas e pedestres. E que práticas de gentileza podem gerar uma convivência muito mais harmoniosa e saudável.

Não nascemos sabendo de nada… vamos incorporando conhecimentos ao logo da nossa existência.

O ato de dirigir requer exercício, competências e habilidades que são adquiridas. Contar com o apoio de terceiros, só favorece o domínio de uma atividade. Portanto, tenhamos paciência e afeto no trânsito, dando sinal vermelho para a violência e rompantes irracionais, que nada combina com a Cidade Maravilhosa.

Andréa Nakane é carioca, apaixonada pela Cidade Maravilhosa, relações públicas, professora universitária, Doutora em Comunicação Social e Mestre em Hospitalidade.Embaixadora do RJ. Vive há 20 anos em Sampa e adora interagir com pessoas singulares que possam gerar memórias afetivas construtivas.
Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui