Foi uma eleição fria, faltou debates, a participação popular foi ausente e muita, mas muita gente, chegou ao dia de hoje sem saber em quem votar. Mas, apesar disso, foi uma montanha russa para os candidatos. Como são quase todas as eleições cariocas.

Apesar da candidata de Cesar Maia ter sido derrotada, até por causa do voto útil para tirar Crivella do segundo turno (o que aconteceu com todos os outros candidatos), não podemos dizer que ele foi derrotado. Mas por que? Oras, os dois candidatos a ir para o 2o turno não são exatamente o anti-Cesar Maia, que seria o caso de Jandira, Chico Alencar, Molon e um pouco menos de Crivella. Na verdade, tanto Paes quanto Gabeira vendiam uma imagem de certa forma favorável ao modo de Maia administrar.

Outro sinal aqui do Rio foi mostrar que Lula, ou qualquer outro presidente como mostra as eleições anteriores no município, é um grande eleitor por aqui. Nenhum de seus candidatos foi para o 2o turno, e Paes, apesar de hoje ser da base aliada, não é o melhor exemplo de candidato Lulista. Soma-se que Gabeira foi um dos maiores opositores do atual presidente.

Jandira e Crivella mais uma vez mostraram que são excelente candidatos no começo mas decepcionando no final. Jandira demonstrou isso na eleição para o Senado, o melhor para ela seria vir candidato a Câmara mas deve tentar mais uma vez o Senado que vai ser difícil já que contará novamente com Crivella e outros nomes como Cesar Maia (se não concorrer ao Governo), Picciani, ou quem sabe Gabeira caso ele não vença as eleições?

Quanto ao Crivella, deveria simplesmente desistir de candidatar-se ao Executivo, o carioca tem medo dele e custaria muito mudar esta opinião, quase impraticável. Lula conseguiu mas era diferente, ele era um esquerdista raivoso em 1989, conseguiu suavizar a imagem em 2002. Só que o carioca não esquece que Crivella é sobrinho de Edir Macedo, que a Universal chutou a imagem de Nossa Senhora e que acabou com vários cinemas.

Mas o maior derrotado se chama IBOPE, o instituto de pesquisa praticamente errou em todo Rio e Grande Rio.

E o 2o turno? É uma eleição nova, o tempo de Tv vai ser igual para Gabeira e Paes, vai ter troca de votos, afinal, na última eleição para presidente isso aconteceu claramente. Começa-se a fechar as alianças e “alea jacta est”.

Em quem nós do Diário do Rio vai declarar o voto? Como não foi Solange a ir para o 2o turno, tem-se de pensar, mas quando for decidido, terá um post sobre o assunto!

 

Veja como ficou a eleição para vereador no Rio de Janeiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui