Antigo prédio da UniverCidade, em Vaz Lobo - Foto: Reprodução

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou em segunda discussão o projeto de lei do deputado Dionisio Lins (Progressista) que determina a desapropriação e utilização do prédio da antiga UniverCidade para abrigar uma unidade da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec). O texto segue para sanção ou veto do governador Cláudio Castro.

O edifício, que fica na Avenida Ministro Edgard Romero, em Vaz Lobo, na Zona Norte do Rio, está abandonado. De acordo com o parlamentar, o fechamento da unidade deixou cerca de 200 mil habitantes dos bairros de Madureira, Irajá e Vaz Lobo, órfãos de um ensino de qualidade.

Um prédio que já abrigou uma universidade e que hoje está completamente abandonado é um verdadeiro descaso com o futuro das pessoas não só da região, mas dos demais bairros existentes no entorno. A instalação de uma unidade da Faetec com cursos profissionalizantes vai dar maior oportunidade e capacitação para os jovens ingressarem no mercado de trabalho; além de contribuir com o reaquecimento da economia e do comércio local com a geração de novos empregos”, o parlamentar explicou ao jornal “O Dia”.

Dionísio lembrou ainda que a UniverCidade era administrada pelo Grupo Galileo Educacional, mesmo grupo que administrava a Faculdade Gama Filho, em Piedade, e teve sua falência decretada pela 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro em 2016, sendo descredenciada pelo Ministério da Educação e Cultura.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui