Por André Delacerda

Estava fazendo uma visita com amigos chilenos, a Praia Vermelha – Urca, bem ali junto ao Pão de Açúcar. Uma coisa que me chamou atenção, além da beleza do local que é sempre bom para se rever, foi a presença de estranhas canoas na praia.

Sei que o Rio tem uma relação de paixão não somente com o futebol, mas também com os esportes aquáticos, como: remo e ski – na lagoa é sensacional -; vela – na bela paisagem da Guanabara é excepcional -, surf – este é bem a cara do Rio; além da canoagem, que é propriamente o que descobri ao ir conversar com um dos remadores que estavam no local.

Logo de cara descobri que apesar de algumas semelhanças com o remo tradicional, aquele era um tipo de esporte, como também transporte, praticado e utilizado pelos polinésios. E que estava sendo praticado ali na região da Urca, a mais de 3 anos.

Para falar a verdade, como tenho uma imaginação muito fértil. Me remontei a uma ilha na Polinésia e imaginei os nativos de lá as utilizando, porém a paisagem da ilha era aquela mesma que estava vendo, sem os prédios da Urca é claro. Mas com a montanha e o verde que circunda o Pão de Açúcar.

O Rio é mesmo sensacional. Possibilita que remontemos a lugares longínquos, mas sem precisar se deslocar.

Pois bem, acredito que wa’a ou va’a – como se chama estas canoas -, tem tudo para se inserir com sucesso como mais um esporte com a cara do Rio, além de servir como mais uma opção de passeio para os turistas conhecerem a Baía de Guanabara e poderem ver as belas imagens da cidade que se tem do mar.

Isso não é programa só para turista não, o Carioca, que adora sua cidade e gosta também de novidades, certamente vai curtir a cidade em um passeio diferente como esse. Outra coisa, é que o Carioca é um povo saudável e adepto a práticas esportivas.

Para saber mais, Carioca Va’a Clube.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui